“Foi uma avalanche”, diz Luis Fabiano sobre vitória no clássico com o Palmeiras

Atacante do São Paulo, autor de dois gols no clássico deste domingo, comemorou a vitória e brincou com o desempenho do seu time

Luis Fabiano comemora primeiro gol do São Paulo no clássico (Foto: Gazeta Press)

O triunfo indiscutível por 3 a 0 sobre o Palmeiras foi no sábado, mas, dois dias depois, ainda é motivo de alegria no São Paulo. Em especial para Luis Fabiano, autor de dois gols no clássico (o primeiro e o terceiro) e que aproveitou para provocar o rival.

A brincadeira veio no momento em que ele foi perguntado se os jogadores adversários, em algum momento, chegaram a pedir para os são-paulinos diminuírem o ritmo.

“A avalanche passou tão rápido que não deu nem tempo de pedirem para tirar o pé”, disse o jogador, artilheiro do time na temporada, com 26 gols em 32 jogos.

Senhor do jogo desde os primeiros minutos, o São Paulo abriu dois gols de vantagem ainda no primeiro tempo, com Luis Fabiano e o volante Denilson. O terceiro tento, marcado também pelo atacante, saiu ainda aos 25 minutos da segunda etapa, momento que o lateral direito palmeirense Artur já havia sido expulso.

“Realmente foi uma partida quase que perfeita, no meu ponto de vista. A gente conseguiu dominar o Palmeiras desde o começo. A gente vinha batalhando há algum tempo para fazer um boa partida”, avaliou o camisa 9, na tarde desta segunda-feira, no CT da Barra Funda.

O resultado sustentou o objetivo são-paulino de chegar ao grupo de classificação para a Copa Libertadores – a distância para o quarto colocado Vasco, adversário de quarta-feira, é de quatro pontos -, mas, para alcançá-lo, Luis Fabiano pede mais regularidade ao time.

“Não dá para jogar só às vezes. Precisa jogar todo jogo. A gente sabe da nossa qualidade, mas, na hora de executar, vinha capengando. Precisamos ter regularidade de quarta-feira e domingo e não passar duas ou três partidas jogando mais ou menos”, comentou o frio goleador.

 

#MAIS LIDAS DA SEMANA