Palmeiras recorre ao STJD para tentar anular jogo em que seu atleta marcou gol de mão

Ação judicial mantém acesa a esperança do clube paulista permanecer no primeiro escalão do futebol nacional

O PALMEIRAS VAI AO STJD

A entidade máxima esportiva e julgativa do país acatou o pedido de suspensão provisória do resultado da partida entre Internacional e Palmeiras pelo campeonato Brasileiro de 2012, realizado em Porto Alegre, sábado, 27.

A expectativa é que a sentença definitiva seja proferida até no máximo dia 15 de novembro pela entidade desportiva.

A defesa do time palmeirense argumenta que a arbitragem anulou o “gol de mão”, do atacante alviverde, Barcos, usando auxílio de imagens de TV, o que pela regra é ilegal. Uma repórter da TV Bandeirante que “cobria” o jogo, afirmou ao vivo que o delegado da partida, Gerson Batuta, perguntou aos repórteres se o gol tinha sido irregular, após responderem que sim, Batuta, avisou o arbítrio central que anulou o gol que ele mesmo tinha validado, argumenta o jurídico palmeirense.

Independente do desfecho deste caso este assunto suscita a polêmica: o futebol deve contar com mais recursos técnicos para evitar erros? Ou devemos apostar na interpretação do juiz?

* Professor e morador da Prudenciana.

[email protected]

#MAIS LIDAS DA SEMANA