Novato salva Palmeiras com gol no fim e garante vitória contra o Barbarense

Atacante trocado por Barcos sai do banco para vencer duelo com goleiro Walter, até então o melhor em campo; Torcida aplaude e Valdivia retorna

Leandro marcou o gol da vitória do Palmeiras sobre União Barbarense por 1 a 0 no Pacaembu (Foto: Uol)

Leandro fez a estreia no Palmeiras fazendo jus ao apelido de Neymar que carrega no Grêmio por conta do penteado moicano e a jovialidade com que foi alçado ao profissional – aos 17 anos. O reforço vindo por empréstimo na troca por Barcos salvou o alviverde com um bonito gol no e garantiu a vitória de 1 a 0 contra o União Barbarense, na tarde deste domingo, no Pacaembu, pela 9ª rodada do Campeonato Paulista. O triunfo foi conquistado mesmo com o time tendo um jogador a menos em campo após a expulsão de Marcelo Oliveira.

O gol foi marcado aos 36 minutos, e em jogada toda individual. Leandro roubou a bola, driblou o marcador e chutou forte na entrada da área no canto direito de Walter. Com o triunfo, o Palmeiras chega aos 16 pontos na competição, e amplia a invencibilidade no ano para sete jogos. O União Barbarense segue na zona de rebaixamento, com apenas cinco pontos.

O Palmeiras agora se prepara para o duelo contra o Libertad-PAR, quinta-feira, em Assunção, na Libertadores. Pelo Paulista, o time teve o duelo da 10ª rodada frente o Paulista adiado, e só volta a jogar no dia 10 de março no clássico contra o São Paulo, no Morumbi.

O Palmeiras sofreu com a falta de um centroavante na partida. Wesley, Patrick Vieira e Vinícius abusaram de jogadas pelas pontas, mas pecaram com poucos chutes ao gol. A tática 4-5-1 de Gilson Kleina deixou o time consistente defensivamente, mas sem grandes opções ofensivas.

Vinicius e Vilson em arremates de fora da área criaram as principais chances do Palmeiras na primeira etapa. Uma finalização do volante chegou a acertar a trave direita do goleiro Walter.

O Barbarense sequer assustou o Palmeiras, mas conseguiu evitar a pressão com a valorização da posse de bola. O time do interior fez jus ao pior ataque do campeonato, com apenas seis gols, sendo inofensivo no jogo.

O rendimento do Palmeiras caiu com o passar do tempo. Mesmo sendo improdutivo, Kleina optou por não realizar nenhuma mudança no time na volta para o segundo tempo. A paciência do treinador, no entanto, durou pouco.

Valdivia entrou em campo aos 13 minutos na vaga de Wesley. O chileno elevou o nível do time, trabalhou com toques de primeira, mas viu o Palmeiras ser prejudicado dez minutos depois com a expulsão de Marcelo Oliveira por fala infantil em Bachin.

Logo após o Palmeiras ficar com dez em campo, Gilson Kleina tentou reanimar o time com a entrada de Leandro no lugar de Vinicius. O atacante vindo do Grêmio na troca por Barcos fez a estreia no alviverde, e garantiu o triunfo com um bonito gol aos 36 minutos.

Leandro foi inscrito pelo Grêmio na Libertadores e por conta disso não pode ajudar o Palmeiras no torneio continental. O Neymar gremista, no entanto, já demonstrou que deve ser muito útil a Gilson Kleina no Paulista

#MAIS LIDAS DA SEMANA