Corinthians volta a cair no 2º tempo e perde de virada do Linense

Emerson em ação diante do Linense; Corinthians começou bem, mas de novo caiu de produção (Foto: JOSE LUIS SILVA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO)

O Corinthians repetiu um roteiro já visto pela sua torcida no Campeonato Paulista, começou com força total, diminuiu o ritmo e tropeçou. Neste domingo, os titulares alvinegros abriram o placar nos primeiros minutos de jogo, pressionaram e ensaiaram uma goleada, mas acabaram cedendo a virada e perderam por 2 a 1 para o Linense.

Com o resultado, o Corinthians fica com 32 pontos e cai na tabela do Estadual, já que o Palmeiras venceu o Guarani em casa e assumiu a quarta colocação. Já o Linense agora terá de torcer por um tropeço do Botafogo-SP contra o Bragantino, às 18h30, para seguir com chances de classificação.

Até este domingo, o Corinthians havia empatado oito vezes e perdido uma na competição. Em cinco dessas igualdades, a equipe de Tite saiu na frente, relaxou e saiu de campo sem a vitória. Neste domingo, a calmaria após o intervalo foi tanta que os atuais campeões mundiais terminaram sem nem um ponto sequer.

Quem viu apenas os primeiros minutos de jogo, porém, jamais diria que este seria o desfecho da disputa. Com vários titulares em campo, o Corinthians começou o jogo com tudo e abriu o placar logo aos 2 minutos, quando Emerson cruzou da esquerda e Guerrero aproveitou a falha do zagueiro Fábio Lima para fazer o sétimo dele na competição.

Nos minutos seguintes, o Corinthians chegou com perigo pelo menos mais três vezes, especialmente com Emerson e Paulinho. Por volta dos 20 minutos de jogo, porém, a equipe visitante se acomodou. Sob o forte sol interiorano, os jogadores alvinegros pareciam dispostos a levar o jogo em banho-maria, deram espaço ao Linense e não assustaram mais no ataque.

O castigo veio no segundo tempo. O Linense, nono colocado, só conseguiria manter-se vivo se vencesse o Corinthians, e foi com tudo para o ataque. O veterano meia Lenílson e o lateral esquerdo Tarracha comandaram a pressão e superaram sem grandes dificuldades a defesa corintiana.

Aos 10 minutos, Tarracha cruzou da esquerda e Marcelo cabeceou no travessão. Na sobra, sem Danilo Fernandes pela frente, João Sales só teve o trabalho de escorar para dentro do gol e empatar. Aos 19 minutos, Tarracha recebeu da direita e ajeitou para Leandro Brasília, que aplicou belo drible em Gil e bateu forte para virar o marcador.

A reação do time da casa só confirma um mau costume do Corinthians em 2013. Nesta temporada, a equipe esteve ganhando de Penapolense, Palmeiras, São Caetano, XV de Piracicaba e Paulista e cedeu o empate em todas elas, sempre depois de uma queda repentina de rendimento.

Neste domingo, o Corinthians ainda tentou reagir. Tite sacou Jorge Henrique e colocou Alexandre Pato em campo, montando um trio ofensivo com Emerson e Guerrero. Foi o suficiente para o time espremer o Linense em seu campo de ataque e assustar o goleiro Leandro Santos, que fez pelo menos duas defesas.

Mas o ímpeto do treinador não foi suficiente e o árbitro roubou a cena nos últimos lances. O Linense teve Marcelo, expulso, por ter se adiantado em uma cobrança de falta. Minutos depois, Pato chegou a reclamar de um pênalti claro, não marcado. Os dois lados se queixaram da atuação de Leonardo Ferreira Lima e acabaram não conseguindo mexer no placar.

Agora, o Corinthians volta a São Paulo e se prepara para o último jogo da primeira fase do Campeonato Paulista, contra o Atlético Sorocaba, no Pacaembu, no próximo domingo. Já o Linense visita o Mirassol, tentando sua última cartada para avançar ao mata-mata.

#MAIS LIDAS DA SEMANA