Fique conectado

Futebol

São Paulo leva gol após trapalhada e perde jogo sonolento em Mogi Mirim

Ambos jogarão as quartas de final como mandantes.

Publicado em

84

Mogi Mirim e São Paulo, pela última rodada da primeira fase (Foto: Rafael Bertanha/E aí? Produções)

Após muita adrenalina com a classificação para as oitavas da Libertadores, o São Paulo relaxou e descansou. Em jogo sonolento e que atuou recheado de reservas, perdeu para o Mogi Mirim por 1 a 0, neste domingo, em Mogi Mirim, em partida com pouco interesse para o time.

Na próxima fase, o time do Morumbi encara em seu estádio nas quartas de final a Penapolense, oitava colocada da primeira fase.

O resultado no interior não influenciaria a posição e nem adversários do time do Morumbi nas quartas de final do Paulista, já que estava assegurado como primeiro colocado e só aguardava para conhecer o oitavo e último colocado.

Mas o mau resultado desta tarde evita uma garantia antecipada de poder jogar todos os jogos com vantagem de mando de campo até uma eventual decisão do torneio.

Com apenas dois pontos a mais do que Santos e Mogi Mirim, o time do Morumbi pode ter que decidir fora em uma eventual final entre os dois clubes caso avance à decisão com empates e seja ultrapassado na pontuação total (os resultados da fase final são considerados).

O técnico Ney Franco mandou a campo neste domingo uma equipe completamente reserva. O único titular anunciado antes do confronto, o atacante Luis Fabiano, foi cortado horas antes.

Ele foi cortado por uma contratura na região posterior da coxa esquerda. Não foi anunciado o prazo de seu retorno. Com isso, o ataque foi formado por Wallyson e Ademílson.

Desentrosado, o São Paulo pouco produzia e praticamente não assustava o goleiro Daniel. O Mogi também demonstrava pouca empolgação e colaborava para um jogo morno no primeiro tempo.

Mogi Mirim atacou muito mais do que o São Paulo neste domingo (Foto: Rafael Bertanha/E aí? Produções)

O time do interior chegava um pouco mais, usando jogadas de velocidades e bolas alçadas na área. Algumas delas assustaram o goleiro Dênis. O São Paulo permanecia apático e lento. Cañete, responsável pela armação, estava sumido.

E o “sono” são-paulino fez o Mogi abrir o placar no fim do primeiro tempo em uma verdadeira trapalhada. Aos 41min, após uma cobrança de tiro de meta, Dênis, Rodolfo e Fabrício passaram a trocar passes. Mas o último vacilou e errou o toque. Roger foi mais rápido, ruobou a bola e invadiu a área para finalizar e abrir o placar.

Para piorar, o volante Fabrício ainda teve que ser substituído no intervalo por Douglas por sentir uma lesão na coxa. O patamar não mudou na segunda etapa, e o São Paulo não chegava. Aos 15min, Ney Franco se cansou da inoperância de Cañete e sacou o argentino para a entrada do novato Adelino.

Mas nada mudou. A partida continuava com ritmo de treinamento. Muitos toques laterais com pouca objetividade.  Nem mesmo a chance de mostrar serviço para Ney Franco parecia inspirar os tricolores.

O Mogi Mirim também era ineficiente nos contra-ataques e fazia com que a partida tivesse pouca emoção até o final.

Veja os duelos das quartas de final:

São Paulo x Penapolense – Morumbi
Mogi Mirim x Botafogo – Romildo Ferreira
Santos x Palmeiras – Vila Belmiro
Ponte Preta x Corinthians – Moisés Lucarelli

Publicidade

Esporte

Vocem rifa moto para arrecadar dinheiro e contratar jogadores

Sem recursos financeiros, time de Assis busca alternativas para auxiliar no caixa e na contratação de jogadores para estadual do próximo ano.

Publicado em

Do Globoesporte.com
Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook

O Vocem, time de Assis (SP), está rifando uma moto para arrecadar dinheiro para ajudar na contratação de jogadores para a disputa da Segundona do Campeonato Paulista – equivalente à quarta e última divisão do estadual de São Paulo.

A postagem feita nas redes sociais do clube anuncia que as vendas estão “a todo vapor”. Inclusive, os membros da diretoria ficam à disposição para levar o cupom até o interessado. A rifa custa R$ 20.

– A ação solidária do “VOCEM DE ASSIS” em parceria com diversas “ENTIDADES ASSISTENCIAIS” da nossa cidade continua, e as vendas estão a todo vapor. Graças a DEUS para que possamos montar um elenco “VENCEDOR” para as próximas temporadas – diz a postagem.

A moto foi doada por um membro da diretoria. Em 2019, o Vocem foi eliminado na segunda fase da Segundona ao ficar na lanterna do Grupo 7. Em 16 partidas, o time venceu apenas três, empatou seis e perdeu sete.

Continue lendo

Esporte

Assis, Bauru, Jaú e Marília serão sedes da Copa São Paulo 2020

Confira os grupos e quais times irão jogador nas regiões.

Publicado em

Do G1

Vai começar a Copinha mais famosa do Brasil. Atletas de 128 clubes irão desfilar seus talentos nos estádios do interior paulista na 51ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

A partir de janeiro, os times serão divididos em 32 grupos espalhados por cidades do estado de São Paulo. Dentro da região de Bauru e Marília, quatro cidades irão sediar a competição.

Confira abaixo o perfil de cada uma delas:

Assis – Estádio Antônio Viana da Silva

  • Apelido: Tonicão
  • Capacidade: 8.525 pessoas
  • Data de Inauguração: 18 de março de 1992
  • Clubes mandantes: Assisense e Vocem

A cidade de Assis irá receber a Copa São Paulo no ano em que completa 115 anos. Lar do Assisense e do Vocem, o clube tem vocação para o futebol desde a década de 1920, com o surgimento da Associação Atlética Ferroviária de Assis, que já se licenciou do futebol. Os times fizeram um acordo para se revezarem na Copinha e, na 51ª edição, o representante será o Assisense.

GRUPO 3:

  • Assisense
  • Atlético-GO
  • Dimensão Capela-AL
  • Botafogo-SP
Estádio Tonicão irá receber a Copinha — Foto: Wendell Giuli / Cedida

Estádio Tonicão irá receber a Copinha — Foto: Wendell Giuli / Cedida

Bauru – Estádio Alfredo de Castilho

  • Apelido: Alfredão
  • Capacidade: 18.866 pessoas
  • Data de Inauguração: 1º de agosto de 1935 /reinauguração: 5 de junho de 1960
  • Clube mandante: Noroeste

Depois de se ausentar por quatro anos de sediar a Copa SP, a cidade de Bauru volta ao calendário. A cidade, que revelou Pelé para o mundo do futebol, conta com o Noroeste como time representante. Em 2016, o Norusca chegou à segunda fase, mas acabou eliminado pelo Cruzeiro.

GRUPO 4:

  • Noroeste
  • Botafogo-RJ
  • Visão Celeste-RN
  • Novorizontino
Estádio Alfredão, em Bauru — Foto: Sérgio Pais

Estádio Alfredão, em Bauru — Foto: Sérgio Pais

Jaú – Estádio Zezinho Magalhães

  • Apelido: Jaúzão
  • Capacidade: 9.999 pessoas
  • Data de Inauguração: 15 de agosto de 1973
  • Clube mandante: XV de Jaú

A cidade de Jaú também é bastante tradicional no futebol. O XV de Novembro existe desde 1924 e revelou grandes craques para o futebol nacional. Alguns chegaram a vestir a camisa da seleção brasileira em uma Copa, como o pentacampeão Edmilson. É a estreia da cidade como sede da Copa SP.

GRUPO 5:

  • XV de Jaú
  • Vitória-BA
  • Serra-ES
  • Guarani
Estádio Zezinho Magalhães, em Jaú — Foto: Paulo César Grange/XV de Jaú

Estádio Zezinho Magalhães, em Jaú — Foto: Paulo César Grange/XV de Jaú

Marília – Estádio Bento de Abreu Sampaio Vidal

  • Apelido: Abreuzão
  • Capacidade: 15.587 pessoas
  • Data de Inauguração: 4 de abril de 1967
  • Clubes mandantes: Marília

Desde 2016, a cidade de Marília não sabe o que é ficar sem a Copinha em seu estádio. O time da cidade é o homônimo Marília Atlético Clube, que inclusive venceu a competição em 1979, sendo o primeiro time do interior a conseguir o feito.

GRUPO 2:

  • Marília
  • Santos
  • Timon-MA
  • Olímpico-SP
Estádio Bento de Abreu, em Marília — Foto: Rodrigo Villalba / Memory Press

Estádio Bento de Abreu, em Marília — Foto: Rodrigo Villalba / Memory Press

Grupos da Copa São Paulo 2020 — Foto: Reprodução

Grupos da Copa São Paulo 2020 — Foto: Reprodução

Grupos da Copa São Paulo 2020 — Foto: Reprodução

Grupos da Copa São Paulo 2020 — Foto: Reprodução

Continue lendo

Esporte

VOCEM marca eleição do Conselho Deliberativo

Na ocasião, serão eleitos presidente, vice-presidente e secretário do Conselho Deliberativo.

Publicado em

Assessoria
Time avalia atletas para formar a equipe sub-20 para 2020 (Foto: Divulgação)
Time avalia atletas para formar a equipe sub-20 para 2020 (Foto: Divulgação)

Cumprindo o que prevê o Estatuto Social do clube, o VOCEM de Assis realizará eleição para o seu Conselho Deliberativo, cujo mandato terá validade para os dois próximos anos.

O presidente em exercício do CODE, empresário Edson Lima Fiuza, após encontro realizado com os demais conselheiros e dirigentes da Executiva, na noite desta terça-feira, dia 15 de outubro, decidiu convocar a eleição para a próxima quarta-feira, dia 23 de outubro, às 18 horas, no Departamento Jurídico do clube, localizado à rua doutor Clybas Pinto Ferraz, 38, na vila Xavier.

Fiuza explicou que somente os conselheiros em dia com as obrigações com o clube, inclusive as contribuições mensais, poderão participar da votação.

Na ocasião, serão eleitos presidente, vice-presidente e secretário do Conselho Deliberativo.

Na mesma data da eleição, 23 de outubro, o presidente eleito do Conselho Deliberativo deve convocar eleições para o Conselho Fiscal e Diretoria Executiva, que deverão ocorrer ainda neste mês.

Fiuza admitiu a possibilidade de continuar no cargo, mas adiantou que exigirá dos novos dirigentes ‘transparência total na aplicação dos recursos’. Ele pretende exigir da nova diretoria a publicação mensal das despesas e dos valores arrecadados com patrocínio, bilheteria e outros tipos de arrecadação e aportes dos empresários e investidores. “Quero ver todos os gastos publicados no portal do clube”, comentou.

CASÃO
O atual presidente da Diretoria Executiva do VOCEM, Fábio Luís Mânfio, já está com a cabeça na Copinha São Paulo de 2.021, mesmo não sabendo se permanecerá no cargo de principal dirigente do ‘Esquadrão da Fé’ nos próximos dois anos.

Após ser recebido pelo prefeito José Aparecido Fernandes e ter ouvido a promessa do Chefe do Executivo de que o clube mariano será o representante oficial da cidade na Taça São Paulo em janeiro de 2.021, Mãnfio decidiu iniciar o planejamento visando a formação da equipe.

O primeiro passo, junto com o técnico Rodrigo Casa Grande, o ‘Casão’, foi comunicar, através das redes sociais, que “as atividades estão a todo vapor com relação às avaliações para as categorias de base e equipe profissional para as disputas das competições em 2020 e Copa São Paulo em janeiro de 2021”.

‘Casão’ foi coordenador técnico e treinador no Itararé nas temporadas 2.018 e 2.019 e já está residindo em Assis.

“É um trabalho com planejamento, sem pressa, e isso será o diferencial do clube para a próxima temporada. Estamos recebendo atletas de toda a região e até mesmo de outros estados. Tenho gostado do que estou vendo. Os garotos vêm em busca de um sonho e estamos aqui para ajudá-los no que for possível. Vamos abrir as portas e o resto é com eles, dentro de campo” afirmou o treinador vocemista, na página oficial do clube, numa rede social. Mânfio explicou que “as avaliações vêm acontecendo em dois períodos no Centro de Treinamento ‘Padre Beline’, antiga Assis Diesel – e deverão se estender ainda até o mês de novembro”, Ele finalizou dizendo que “maiores informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 99841-5107 com o próprio Casão”.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas