Corinthians aperta Oeste até o fim, consegue a vitória nos acréscimos

Após perder muitos gols, Timão garante os três pontos com Rodriguinho marcando aos 45 do segundo tempo.

Time de Itápolis amarga a zona de rebaixamento
Time de Itápolis amarga a zona de rebaixamento (Foto: Globoesporte.com/Reprodução)

“Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”. O ditado popular se fez valer neste sábado à noite, na arena de Itaquera. Aos 45 minutos do segundo tempo, o gol de Rodriguinho garantiu a vitória ao Corinthians sobre o Oeste, pela 7ª rodada do Paulistão.

O Timão criou muitas chances durante a partida, porém desperdiçou várias chances. O Oeste se propôs apenas a marcar o clube alvinegro, mas, no final do jogo, não aguentou a pressão. Giovanni Augusto, o melhor da partida, fez boas investidas no meio-campo, serviu bem aos atacantes.

OS 90 MINUTOS
O Corinthians foi o dono da bola durante toda a partida, mas não soube usá-la em muitas oportunidades. Bruno Henrique fez bom papel de transição entre defesa e ataque, mas, quando tentou atacar, faltou pontaria. No setor ofensivo, Giovanni Augusto demonstrou muita habilidade e visão de jogo. O camisa 17 tentou boas investidas, principalmente com Lucca e André.

Quando os atacantes tiveram as oportunidades, não conseguiram finalizar bem. O Oeste só fez se segurar durante todo o jogo. Percebendo que o ataque não surtia efeito, Tite colocou em campo Luciano, Romero e Danilo.

O panorama mudou pouco. As chances seguiram sendo criadas, mas pouco aproveitadas. Aos 45 minutos do segundo tempo, enfim o Timão acertou o pé. A bola cruzada da esquerda por Uendel passou por toda a área, e Rodriguinho bateu picado para quebrar a sequência de dois empates seguidos do Corinthians.

 

#MAIS LIDAS DA SEMANA