Mais um diamante sendo lapidado nas mãos do professor Corina

Trata-se do atacante Valter Júnior, que defendeu o VOCEM na categoria Sub-11 em 2016 envergando a camisa 10 do Esquadrão da Fé no Campeonato Paulista.

Mauro Junior e Valter Junior: revelados na escolinha Moleque Travesso (Foto: Divulgação)
Mauro Junior e Valter Junior: revelados na escolinha Moleque Travesso (Foto: Divulgação)

A escolinha de futebol ‘Moleque Travesso’ está se especializando em lapidar diamantes valiosos para o mundo da bola.

Foi assim quando o ex-volante do Juventus da capital e VOCEM de Assis, João Carlos ‘Corina’, diretor da escolinha que funciona na rua Brasil, no estádio da antiga Ferroviária de Assis, com o seu olhar clínico, descobriu e revelou o meio campista Mauro Júnior, o “Juninho”, inúmeras vezes convocado pela CBF para defender a Seleção Brasileira em torneios internacionais nas categorias de base Sub-17 e Sub-19. “Hoje, felizmente, o Juninho é uma realidade no futebol brasileiro, sendo observado até mesmo por grandes clubes da Europa”, confirma, orgulhoso, o primeiro técnico do garoto, João Carlos Corina.

No início da carreira de Juninho, no entanto, foi difícil. “Ele chegou em nossa escolinha como uma pedra bruta, mas logo percebi que se tratava de uma joia rara”, explica Corina.

O treinador se lembra que, ao perceber a qualidade do garoto que chegava em sua escolinha, franzino, mas habilidoso, ele passou a fazer um trabalho diferenciado. “Assim que terminava o treinamento, eu chamava o Juninho de lado, conversava muito e pedia para ele aprimorar alguns fundamentos, principalmente os passes, lançamentos e finalizações”, diz o técnico. “Hoje, o Mauro Júnior está muito próximo da perfeição nesses fundamentos”, comemora Corina.

Agora, passados alguns anos, Corina acredita estar descobrindo um novo diamante. Trata-se do atacante Valter Júnior, que defendeu o VOCEM na categoria Sub-11 em 2016 envergando a camisa 10 do Esquadrão da Fé no Campeonato Paulista. “Foi uma experiência dura, mas necessária. Enfrentar times bem mais estruturados foi importante para o início de sua carreira”, acredita o treinador.

Meia ofensivo, Valter Júnior tem sido um dos principais destaques nas competições disputadas pela escolinha Moleque Travesso. Suas atuações já despertaram a atenção do agente FIFA, o empresário Fábio ‘Francês’, o mesmo que cuida da carreira de Mauro Júnior. “De fato, o Valter Junior pode seguir os mesmos passos do Juninho, que também é monitorado pelo professor Ademir Barbosa, colaborador de ‘Francês'”, confirma João Carlos.

O futuro de Valter Júnior é promissor, mas tanto Corina como Francês demonstram não ter pressa. “Ele já foi avaliado e aprovado em alguns clubes, mas não queremos precipitar as coisas. Tudo tem o seu momento certo”, diz, precavido, o descobridor de talentos do mundo do futebol.

#MAIS LIDAS DA SEMANA