Reforçados, Osvaldo Cruz e Manthiqueira abrem quartas de final sonhando alto

Azulão e Laranja Mecânica ganham força ao longo da Segundona e querem continuar surpreendendo; primeiro duelo do mata-mata é neste domingo à tarde, em Osvaldo Cruz.

Manthiqueira tem a vantagem de jogar por dois empates (Foto: Danilo Sardinha/GloboEsporte.com)

No início do Campeonato Paulista da Segunda Divisão – quarto patamar estadual –, em abril, Osvaldo Cruz e Manthiqueira eram incógnitas e não estavam em várias listas de quem se arriscava a cravar os times que alcançariam o acesso. O passado recente de insucessos servia de justificativa para aqueles que olhavam com mais confiança para outras equipes. Porém, ao longo dos quatro meses e meio de disputa, os dois times passaram a superar obstáculos, jogaram para escanteio a desconfiança e chegam fortes à penúltima fase antes de alcançar o objetivo principal. Sonhando alto, as duas equipes abrem as quartas de final neste domingo (27), às 15h, no Estádio Brenão, em Osvaldo Cruz.

Após três anos vendo o time ser mais notícia por problemas extracampos do que pelo bom futebol, o torcedor osvaldo-cruzense está empolgado e esgotou os 2 mil ingressos por meio da troca de garrafas pet. Porém, o técnico Luciano Baiano deixa o clima de euforia para a torcida. O Azulão que o comandante deseja ver contra o Manthiqueira é um time compacto, sem dar espaços ao toque de bola adversário, e que acredita até o fim, marca das classificações na primeira e segunda fase.

– O que eu peço é que os torcedores possam ter paciência com todos nós, pois vamos lutar nos dois jogos para conseguir a classificação. Vamos entrar com todo respeito ao Manthiqueira, mas vamos impor nosso jogo – falou o treinador.

Pela primeira vez entre os oito melhores, o Manthiqueira quer seguir fazendo história. Para isso, enfrenta um primeiro obstáculo fora de campo. A viagem até Osvaldo Cruz é a mais longa da Laranja Mecânica na competição deste ano. São cerca de 740km, ou seja, aproximadamente oito horas de estrada. Antes de encarar a maratona pelas rodovias paulistas, o técnico Luís Felipe buscou corrigir alguns erros apresentados nos jogos anteriores e procurou posicionar melhor o time de Guaratinguetá em busca de um bom resultado no oeste do Estado.

– Nosso time sofreu pressão nos minutos finais contra o José Bonifácio (último jogo da segunda fase). Foi mais difícil do que eu imaginava. Eles (Osvaldo Cruz) estão motivados e chegam com confiança. Mas temos que manter o nosso trabalho, com humildade, jogo a jogo. Acredito que será um jogo muito igual. Serão confrontos equilibrados – disse o técnico.

Osvaldo Cruz: Luciano Baiano conta com a volta do artilheiro do Azulão na Segundona. Fellipe Cardoso cumpriu suspensão automática na partida contra o Vocem, e a entrada do atacante deve ser a única mudança na escalação do time que venceu em Assis. Com isso, a provável escalação é a seguinte: Anselmo; Orlan, Mateus Silva, Mateus Arroz e Felipe Soares; Jefferson e Baiano; Hiago, Vitor, Felippe Cardoso e Júnior Berimbau.

Manthiqueira: Luís Felipe também conta com um retorno importante para o duelo. O lateral Guilherme Cururu cumpriu suspensão e deve começar como titular. Se isto se confirmar, Felipe Garcia, que o substituiu no duelo contra o José Bonifácio, volta a ser opção no banco de reservas. Sem nenhum desfalque por lesão ou suspensão, o provável Manthiqueira tem Adalberto; Guilherme Cururu, Léo Turbo, Felipe Gomes e Luciano Pit; Léo Costa, Lucas Xandão, Victor Clemente e Alex Kleber; Lucas Batata e Pedrinho.

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA