Corinthians perde do Fluminense e chega a 4 partidas sem vitória

Com o resultado, o time carioca chegou aos mesmos 26 pontos da equipe paulista.

Sob os olhares do técnico Tite, da seleção brasileira, o Fluminense ganhou do Corinthians por 1 a 0, no Maracanã, e ampliou para quatro partidas o jejum de vitórias do rival no Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time carioca chegou aos mesmos 26 pontos da equipe paulista, que vê a pressão aumentar sobre o técnico Osmar Loss e está à frente nos critérios de desempate, em oitavo lugar.

Desde que assumiu o time no lugar de Fabio Carille, Loss não conseguiu engrenar uma sequência de bons resultados e tem um desempenho fraco à frente do time. Em 21 partidas, ganhou oito, empatou quatro e perdeu nove, com um aproveitamento de apenas 44,4% dos pontos disputados.

Mesmo sendo visitante, o Corinthians queria aproveitar a pressão sobre o oponente para surpreender. O Fluminense vinha de uma sequência de quatro partidas sem vitória no torneio e precisava do resultado. Até por isso, tentou tomar as rédeas do confronto desde os primeiros minutos.

E foi na jogada de bola parada que o time chegou ao gol. Aos 17, Sornoza bateu falta, Pedro cabeceou para o meio da área e Gum tentou desviar também de cabeça. Ralf salvou em cima da linha e no rebote o próprio Gum levou a melhor sobre Cássio, abrindo o placar e dando tranquilidade para sua equipe.

Com a vantagem, o Fluminense pôde apostar nas jogadas de velocidade pelos lados, principalmente na esquerda, onde Ayrton Lucas e Matheus davam bastante trabalho. Em um desses lances de velocidade, Matheus Alessandro invadiu a área e chutou, mas o goleiro Cássio salvou com o pé, evitando o segundo gol.

Precisando arriscar, o Corinthians tentou se aproximar no toque de bola com seus meias Jadson, Pedrinho e Clayson. O time havia tido uma chance em um chute de Fagner, que passou perto, e depois teve uma ótima com Romero, que cabeceou livre, mas a bola foi na direção de Júlio César, que segurou.

Em campo, o Corinthians tinha melhorado, mas aos 41 Romero acertou o braço no rosto de Digão no meio de campo. O jogador ficou no chão enquanto o juiz Ricardo Marques Ribeiro ficou aguardando chegar alguma informação de seus auxiliares. Demorou, mas ele deu cartão vermelho, revoltando os corintianos.

No segundo tempo, o time paulista ficou em uma encruzilhada. Com um jogador a menos, não podia ir com tudo para o ataque porque poderia sofrer uma goleada. Mas também tinha de avançar mais, na busca pelo empate. Do outro lado, o Fluminense tinha o controle do duelo e quase ampliou em um chute de Gilberto no qual Cássio fez ótima defesa.

Não fosse o goleiro corintiano, a derrota teria sido pior. Aos 29, Cássio salvou o time mais uma vez ao espalmar o chute de Sornoza. Com algumas alterações de Loss, o Corinthians melhorou um pouco, mas com um jogador a menos as chances de chegar ao empate eram bem remotas. No final, o Fluminense segurou o resultado e garantiu os três pontos em casa.

Os times voltarão a jogar no sábado. O Corinhians vai receber o Paraná no Itaquerão, enquanto o Fluminense visitará o Cruzeiro no Mineirão.

FICHA TÉCNICA:

FLUMINENSE 1 x 0 CORINTHIANS

FLUMINENSE – Júlio César; Gilberto, Gum, Digão e Ayrton Lucas; Richard, Dodi (Marcos Junior), Jadson (Mateus Norton) e Sornoza; Everaldo (Matheus) e Pedro. Técnico: Marcelo Oliveira.

CORINTHIANS – Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Ralf (Jonathas), Douglas, Jadson (Araos), Clayson e Pedrinho (Mateus Vital); Romero. Técnico: Osmar Loss.

GOL – Gum, aos 17 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG).

CARTÕES AMARELOS – Gum, Ralf e Pedro Henrique.

CARTÃO VERMELHO – Romero.

RENDA – R$ 199.795,00.

PÚBLICO – 7.856 pagantes.

LOCAL – Maracanã, no Rio.

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA