Fique conectado

Futebol

Mãe do técnico Tite, Dona Ivone morre aos 83 anos no Sul

Dona Ivone Bacchi sempre incentivou o filho ao longo da carreira; durante a Copa do Mundo da Rússia, eles se falavam diariamente ao telefone.

Publicado em

113

A mãe do técnico Tite, dona Ivone Bacchi, morreu na tarde deste sábado, 9, no distrito de São Brás, em Caxias do Sul (RS). A morte da senhora de 83 anos ocorreu devido a causas naturais. Ainda não há informações sobre o velório e sepultamento.

Ivone Bacchi, mãe do técnico Tite (Foto: Reprodução / RBS TV / Estadão Conteúdo)

As primeiras homenagens começaram ainda na tarde deste sábado. Antes do início entre Caxias do Sul e Juventude, no Estádio Alfredo Jaconi, os jogadores fizeram um minuto de silêncio. Tite foi técnico do Caxias e campeão do Campeonato Gaúcho em 2001.

Dona Ivone foi uma das grandes incentivadoras da carreira do técnico da seleção brasileira. Durante a Copa do Mundo da Rússia, no ano passado, ela recebia ligações do filho diariamente e assistia aos jogos da seleção. Mas nem sempre foi assim. No início, a preocupação com o resultado do jogo do time do “Ade” – como a família se refere a Tite – a deixava nervosa, e ela evitava a todo custo assistir aos jogos.

As revelações foram feitas em entrevista exclusiva ao Estado, em agosto de 2017. Ela contou que reconheceu a vocação do filho para o futebol desde cedo, assim como a insistência de Tite em seguir carreira. O pai de Tite, Tenor Bachi, morreu em 2009, aos 74 anos, quando Tite era o técnico do Inter.

Muito ligado à família, o treinador sempre diz que só teve sucesso graças ao apoio dos pais. Quando Tite foi apresentado como técnico do Brasil, em 2016, ele se emocionou ao falar sobre o momento em que deu a notícia para a mãe. “Eu disse: ‘Mãe, seu filho é o técnico da seleção brasileira’. Ela começou a chorar e me deu bênção”, contou o treinador, que ganhou uma camisa da seleção com o nome da mãe nas costas.

Futebol

Torcedor do Corinthians passa mal no estádio e morre durante jogo

Diego da Silva tinha 23 anos.

Publicado em

Agência Estado
Torcedor do Corinthians passa mal no estádio e morre durante jogo (Foto: Agência Estado)

O torcedor Diego da Silva, de 23 anos, começou a passar mal, sofreu uma parada cardiorrespiratória durante o primeiro tempo da partida entre Corinthians e Oeste, neste domingo, no Itaquerão, foi levado para a Unidade de Pronto-Atendimento do Hospital Santa Marcelina, mas não resistiu e morreu.

Diego estava localizado no setor Norte do estádio, local reservado às torcidas organizadas, quando se sentiu mal. Ele foi atendido por brigadistas e pela equipe médica responsável do estádio, que realizaram o primeiro atendimento.

Em seu site oficial, o Corinthians lamentou a morte. “O Sport Club Corinthians Paulista se solidariza com familiares e amigos de Diego neste momento difícil”, afirmou o clube em trecho da nota oficial.

Em campo, o Corinthians venceu o Oeste por 1 a 0, com gol de Danilo Avelar, e se classificou com uma rodada de antecedência às quartas de final do Campeonato Paulista. O time lidera o Grupo C com 18 pontos e volta a jogar na quarta-feira, fora de casa, contra o Ituano.

Continue lendo

Futebol

Corinthians e Santos fazem clássico emocionante

Publicado em

Agência Estado
Corinthians e Santos fazem clássico emocionante, mas ficam no 0 a 0 em Itaquera.

Em um clássico marcado pela intensidade e ofensividade, com os dois times querendo ganhar, Corinthians e Santos empataram por 0 a 0 na arena em Itaquera neste domingo. O primeiro tempo foi dominado pelo time corintiano, que talvez tenha feito a sua melhor etapa inicial do ano. No segundo tempo, o Santos equilibrou o jogo com duas substituições precisas de Sampaoli e teve chances para ganhar.

Com o resultado, o Corinthians está praticamente classificado às quartas de final como líder do Grupo C do Paulistão. O técnico Fábio Carille continua com ótimo aproveitamento em clássicos estaduais. Ele dirigiu a equipe alvinegra 22 vezes contra os seus principais rivais, com 14 vitórias, cinco empates e três derrotas. Já classificado para o mata-mata do Paulistão e lutando para se manter como o dono da melhor campanha geral, o Santos de Sampaoli mostrou poder de reação na segunda etapa, depois de ter sido dominado no primeiro tempo.

Uma chuva de papel picado, promovida pelo próprio clube, atrasou o início do clássico. O árbitro Douglas Marques pediu a limpeza na grande área, pois as linhas não estavam visíveis. Funcionários da limpeza entraram vassouras para limpar as linhas da grande área. Momento curioso do clássico que significou um atraso de 11 minutos.

O Santos começou com um esquema formado por três zagueiros, recuando Alison para atuar ao lado de Gustavo Henrique e Aguilar Para explorar essa marcação em linha, o Corinthians apostou em lançamentos longos para Clayson, Pedrinho e Boselli. E também surpreendeu o rival com algumas variações. Velocidade pelos lados para invadir a defesa santista, com bolas longas e triangulações, inversões para abrir espaços e marcação na saída de bola para não deixar o rival pensar: a receita corintiana para dominar o clássico teve vários ingredientes.

Sempre acelerando o jogo, o Corinthians foi mais perigoso no início. Após um chutão aos 11, Sornoza acertou um belo chute e assustou Vanderlei. Uma finalização de Danilo Avelar que desviou na zaga deu ares de pressão para o bom momento do time da casa. Fez muito bem para Carille a semana livre para treinamentos, a primeira desde o início da temporada.

Atento, Sampaoli desfez o esquema com três zagueiros para tentar diminuir a vulnerabilidade de sua defesa. Mas não conseguiu frear a intensidade corintiana. Aos 31, o time chegou na cara de Vanderlei em três lances. A partir daí, a pressão foi permanente, no campo do Santos. Primeiro tempo ruim do time do Santos, que saiu no lucro por não ter levado gols. Talvez tenha sido o melhor primeiro tempo do ano do Corinthians.

Sampaoli fez duas alterações no intervalo para tentar se recolocar no jogo. Protagonista da polêmica da semana no Santos por ter faltado aos dois treinos de terça-feira, Cueva entrou no lugar de Alison. A outra mudança foi a entrada de Rodrygo no lugar de Jean Lucas.

O Santos melhorou e conseguiu equilibrar a partida. Parou de tomar sufoco. Sampaoli foi bem. Carlos Sánchez, uma das principais figuras santistas, esteve sumido do jogo, escanteado pelo lado direito. Agora, jogava mais centralizado. Aos 11, Jean Mota conseguiu finalizar bem e Cássio fez grande defesa. O lance foi o símbolo de que o time tinha voltado para o jogo.

O ritmo do jogo, mas as oportunidades continuaram a aparecer. Em sua primeira jogada depois de substituir Pedrinho, Vagner Love levou perigo. Ele ganhou de Gustavo Henrique, cruzou e Vanderlei salvou. Aos 30, Cássio deu um grande susto na defesa corintiana. Ele saiu jogando errado e deu a bola nos pés de Cueva. O peruano tentou por cobertura, mas errou o alvo. Constrangido com a grande falha, o goleiro pediu desculpas.

Na reta final, o Santos equilibrou o número de chances perdidas, com Dérlis, mas o Corinthians foi agudo até o final. Só faltou o gol em um dos melhores jogos do Paulistão.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 0 X 0 SANTOS

CORINTHIANS – Cássio; Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Junior Urso e Sornoza; Pedrinho (Vagner Love), Clayson (André Luís) e Boselli (Mateus Vital). Técnico: Fábio Carille.

SANTOS – Vanderlei; Victor Ferraz, Felipe Aguillar, Gustavo Henrique e Felipe Jonatan; Alison (Cueva), Diego Pituca, Jean Lucas (Rodrygo), Jean Mota e Carlos Sánchez (Matheus Ribeiro); Derlis Gonzáles. Técnico: Jorge Sampaoli.

ÁRBITRO – Douglas Marques.

CARTÕES AMARELOS – Alison, Fagner, Matheus Ribeiro e Derlis Gonzales.

PÚBLICO – 41.404 pagantes.

RENDA – R$ 2.197.534,00.

LOCAL – Arena Corinthians, em São Paulo.

Continue lendo

Futebol

Tite convoca seleção com Vinicius Junior e Daniel Alves para amistosos

Publicado em

Agência Estado
Tite convoca seleção com Vinicius Junior e Daniel Alves para amistosos

O técnico Tite convocou nesta quinta-feira a seleção brasileira para os seus primeiros compromissos em 2019 e chamou o atacante Vinicius Junior para os amistosos contra Panamá e República Checa, em março. Essa é a primeira vez que o jogador, de 18 anos, é incluído em uma lista para a equipe principal. E a relação também conta com o retorno de Daniel Alves.

Vinicius Junior vem em ascensão no Real Madrid, tendo conquistado a titularidade do setor ofensivo do clube nas últimas semanas da sua primeira temporada na Europa. E, observado pela comissão técnica, agora recebe uma chance com Tite.

Após perder a Copa do Mundo por lesão, o veterano lateral-direito Daniel Alves, de 35 anos, voltou a ser lembrado por Tite. O jogador do Paris Saint-Germain tem atuado mais como meio-campista no clube, mas foi incluído em sua posição de origem na convocação desta quinta.

Como já havia sido adiantado pelo auxiliar Cleber Xavier, Tite também chamou o meia Lucas Paquetá. Ele já havia sido lembrado para os primeiros compromissos do Brasil após a Copa do Mundo, diante de El Salvador e Estados Unidos, e agora voltará a ser observado. Assim, o jovem meio-campista, de 21 anos, deve se tornar uma das “caras” da renovação da seleção, realizada paulatinamente pelo treinador, assim como o atacante Richarlison e o meio-campista Arthur.

Tite tem aproveitado os amistosos após a Copa da Rússia para realizar testes na seleção, aumentando as observações nesse início de ciclo para o Mundial no Catar, com 40 jogadores sendo convocados. Mas agora reduziu, em parte, as observações.

O treinador, porém, chamou o meia Felipe Anderson, que vem se destacando pelo West Ham, pela primeira vez – ele até já havia sido convocado para a seleção, mas por Dunga, em 2015, para um amistoso contra o México. A convocação também conta com apenas dois jogadores que atuam no futebol brasileiro, casos do goleiro Weverton, do Palmeiras, e o atacante Everton, do Grêmio.

A principal ausência da lista é, evidentemente, Neymar. O atacante do Paris Saint-Germain se lesionou no fim de janeiro. O atacante deverá voltar aos gramados antes do fim da temporada 2018/2019 europeia e também a tempo de defender a seleção brasileira na Copa América.

Outros nomes recorrentes da seleção com o treinador, como o volante Paulinho, o meia-atacante Willian e o lateral-esquerdo Marcelo ficaram de fora da lista. O jogador do Real Madrid, inclusive, está em má fase no seu clube, com Tite chamando Filipe Luís e Alex Sandro para a sua posição na seleção.

Os amistosos serão realizados no continente europeu. Em 23 de março, a seleção estará em Porto para enfrentar o Panamá. E, depois, no dia 26, enfrentará a República Checa em Praga. Esses serão os últimos compromissos do Brasil antes de Tite anunciar a lista de convocados para a Copa América, o que ocorrerá em maio, em data ainda a ser determinada.

O torneio continental será disputado no País em junho, a partir do dia 14. E será uma chance para a seleção se recuperar após a queda nas quartas de final da Copa do Mundo da Rússia, para a Bélgica. Depois disso, a CBF optou por Tite à frente da equipe nacional, e venceu os seis amistosos que disputou, contra Estados Unidos, El Salvador, Arábia Saudita, Argentina, Uruguai e Camarões.

Antes da convocação, a CBF também confirmou a realização de dois amistosos no País preparatórios para a Copa América. Os jogos serão em 5 de junho, contra o Catar, no Maracanã, e um adversário ainda a ser determinado no dia 9, no Beira-Rio.

Confira a lista de convocados do Brasil para os amistosos contra Panamá e República Checa:

Goleiros – Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras).

Defensores – Daniel Alves (Paris Saint-Germain), Eder Militão (Porto), Danilo (Manchester City), Alex Sandro (Juventus), Filipe Luis (Atlético de Madrid), Marquinhos (Paris Saint-Germain), Miranda (Inter de Milão) e Thiago Silva (Paris Saint-Germain).

Meio-campistas – Allan (Napoli), Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Fabinho (Liverpool), Felipe Anderson (West Ham), Lucas Paquetá (Milan) e Philippe Coutinho (Barcelona).

Atacantes – Vinicius Junior (Real Madrid), Roberto Firmino (Liverpool), Everton (Grêmio), Gabriel Jesus (Manchester City) e Richarlison (Everton).

Continue lendo
Solutudo 300
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas