Lutadores de Cândido Mota disputam campeonato catarinense de boxe

O boxeador cândido-motense Mateus Leopoldino da Silva, 31 anos, da categoria super pesado, acima de 91 quilos, do boxe olímpico (amador), venceu por w.o. a primeira etapa do Campeonato Catarinense, que está sendo disputado em Itajai, em luta que seria realizada no dia 22 de setembro com Rodrigo Benta, da equipe ‘Sergião Boxe’, de Santa Catarina. O boxeador catarinense, mesmo estando no local da luta, desistiu do combate alegando problemas de saúde. O lutador de Cândido Mota está disputando a competição pela equipe ‘Duhal Boxe’, de Curitiba.

A competição é seletiva e eliminatória. A vencedor de cada etapa avança para a fase seguinte. A próxima luta de Mateus Leopoldino acontece neste sábado, dia 6. O adversário será conhecido momentos antes do embate. O vencedor das sete etapas eliminatórias ganhará o direito de diputar o Campeonato Brasileiro representando o Estado de Santa Catarina. “O Campeonato Catarinense é muito bem organizado. Sinto que estou bem e que posso avançar às próximas etapas”, disse o lutador cândido-motense.

Apesar do bom desempenho na carreira, ele ainda não tem patrocinador máster. Dessa forma, ele busca apoiadores em Cândido Mota e cidades da região, para que possa atuar nas competições em que é convidado. “Na primeira luta em Santa Catarina, tive o apoio da Ótima Nutri Suplementos, da Auto Escola Félix, do Espaço Sintonia e da Academia Max Forma. As despesas para estar nestas competições são muito altas e está cada vez mais difícil marcar presença nelas. Por isso, coloco-me à disposição de empresários, comerciantes e prestadores de serviços que queiram estar comigo neste desafio”, falou Mateus Leopoldino.

75 quilos

A competição catarinense teve outro lutador de Cândido Mota. O jovem Alexander Silveira lutou na categoria 75 quilos, e acabou derrotado por pontos para João Ferreira, de Joinvile. O resultado desclassificou o boxeador, que agora ficará esperando a próxima competição para entrar no ringue. Enquanto isso, continua treinando em Cândido Mota, para ganhar forma física e técnica. “O Alexander é um boxeador muito técnico. Mas acabou perdendo por pontos uma luta em que ele foi muito bem. Agora ele vai continuar se preparando para as próximas competições”, disse Mateus.

#MAIS LIDAS DA SEMANA