iPad mini começa a ser vendido no Brasil em 25 de junho

Lojas publicaram anúncio do início da venda do tablet em suas lojas na web.
Preço do tablet com tela de 7,9 polegadas não foi revelado.

O iPad mini, versão reduzida do tablet iPad, da Apple, começará a ser vendido no Brasil na terça-feira (25), de acordo com anúncios nas lojas virtuais Fnac, Saraiva, fast Shop e A2You. As lojas colocaram anúncios em suas páginas informando quando o aparelho estará disponível para a venda.

Fnac anunciou iPad mini para o dia 25 de junho (Foto: Reprodução/Fnac)

O preço do iPad mini no Brasil não foi revelado. Também não se sabe quais os modelos a empresa venderá no país e se os aparelhos serão importados ou fabricados no Brasil. Na homologação do iPad mini feita pela Anatel em novembro de 2012.

Nos Estados Unidos ele é vendido por a partir de US$ 330 (modelo de 16 GB com conexão Wi-Fi).

Em abril, o aparelho recebeu autorização da Anatel para ser fabricado no país pela Foxconn em Jundiaí, no interior paulista. Somente a versão brasileira com 3G e Wi-fi foi homologada.

iPad mini anunciado no site da varejista Fast Shop.
(Foto: Reprodução/Fast Shop)

Por ser produzido em território brasileiro, o tablete pode receber benefícios fiscais do governo federal e do paulista.

As alíquotas reduzidas para tablets concedidas por São Paulo geraram uma reclamação do Estado do Amazonas ao Supremo Tribunal Federal (STF) em 2012. Em liminar, a Suprema Corte decidiu suspender os benefícios.

Ao G1, a Fnac informou que ainda não tem o preço do iPad mini no Brasil e que isso será definido na segunda-feira (24). A Saraiva informou que ainda não possui informações sobre o lançamento do iPad mini para divulgar.

Procurada pelo G1, a Apple não se manifestou até o momento.

iPad mini
O iPad mini tem como destaque uma tela sensível ao toque menor (de 7,9 polegadas) do que a do iPad tradicional, que tem 9,7 polegadas. Entretanto, o aparelho tem processador A5 dual core, tela com 1.024 x 768 pixels, câmera trasiera de 5 MP e conexões 4G, 3G e Wi-Fi.

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA