Fique conectado

Internet

Tumblr anuncia que banirá todo o conteúdo adulto na rede social

Publicado em

77

Tumblr anuncia que banirá todo o conteúdo adulto na rede social

O Tumblr anunciou que banirá todo o conteúdo adulto que for postado na rede social a partir do próximo dia 17 de dezembro.

Segundo comunicado emitido pelo site, o conteúdo adulto existente começou a ser separado desde a última segunda-feira, 3, com a meta de remover o máximo possível quando a medida entrar em vigor.

“Conteúdo adulto inclui fotos, vídeos ou GIFs que mostrem genitais humanos ou mamilos femininos da vida real, e qualquer conteúdo – incluindo fotos, vídeos, GIFs e ilustrações – que representem atos sexuais”, informa o Tumblr sobre o que é considerado conteúdo adulto pela plataforma.

A página ainda reforça que mamilos femininos “que tenham conexão com amamentação, maternidade ou momentos pós-maternidade, ou relacionadas a questões de saúde, como pós-mastectomia ou uma cirurgia de confirmação de gênero” são exceções permitidas.

Conteúdos eróticos escritos e nudez encontrada no mundo da arte, como em esculturas ou ilustrações, também podem continuar a ser postadas.

Internet

Mais da metade da população mundial usa internet, afirma ONU

96% da população mundial vive em áreas com cobertura de rede de celular.

Publicado em

Agência Estado

Pela primeira vez na história, mais da metade da população mundial usará internet – até o final de 2018, cerca de 3,9 bilhões de pessoas em todo mundo estarão conectados, o que corresponde a 51,2% da população. É o que aponta um relatório da agência da ONU para informação e comunicação, a UIT, publicado nesta sexta-feira, 7.

Até então, 50% da população mundial usava internet. “Isso representa um importante passo rumo a uma sociedade de informação global mais inclusiva” disse Houlin Zhao, secretário geral da UIT, no texto da divulgação do estudo. Entretanto, ele chamou a atenção para o fato de que ainda há muita gente sem acesso à economia digital. “Temos que encorajar mais investimento dos setores público e privado, criar um ambiente favorável à atração de investimentos e apoiar inovação tecnológica e de negócios, para que a revolução digital não deixe ninguém offline”.

O relatório mostra um grande crescimento do uso da internet em países desenvolvidos: a parcela da população conectada passou de 51,3% em 2005 para 80,9% em 2018. Em países em desenvolvimento, essa porcentagem era de 7,7% em 2005 e chegou a 45,3% em 2018. A região que apresentou maior aumento foi a África: de 2,1% em 2005 foi para 24,4% em 2018. Hoje, nas Américas, cerca de 69,6% da população usa internet.

De acordo com o estudo, 96% da população mundial vive em áreas com cobertura de rede de celular e 90% da população pode acessar a internet por meio da conexão 3G ou uma rede de maior velocidade.

Em relação a computadores, a pesquisa mostra que quase metade dos domicílios do mundo tem ao menos um computador. Esse valor por regiões muda bastante: 83,2% dos domicílios de países desenvolvidos tem um computador, sendo que nos países em desenvolvimento essa porcentagem diminui para 36,3%.

Continue lendo

Internet

Google perde US$ 10 milhões após estagiário publicar anúncio errado

Em um treinamento, um estagiário do Google fez uma oferta real de compra de espaços de anúncios.

Publicado em

Do Tecnoblog
Google perde US$ 10 milhões após estagiário publicar anúncio errado

O sistema do Google para exibição de publicidade em sites e aplicativos é bastante avançado, mas ainda está sujeito à falha humana. A mais recente ocorreu na terça-feira (4) quando um estagiário da empresa causou um prejuízo milionário ao participar de um treinamento.

Segundo o Financial Times, o erro aconteceu em uma reunião para ensinar os estagiários a usarem o sistema. Um deles foi mais longe do que o desejado e fez uma oferta verdadeira de compra de anúncios a partir de um exemplo utilizado na aula.

Com isso, um retângulo amarelo sem texto foi exibido em vários sites e aplicativos nos Estados Unidos e na Austrália durante 45 minutos. O Google não revelou a dimensão do problema, mas segundo fontes do Financial Times, o prejuízo chegou a US$ 10 milhões.

O valor foi alto porque o estagiário fez uma oferta dez vezes maior do que o usual. Ele ofereceu um CPM, isto é, o custo por mil exibições do anúncio amarelo, de US$ 25. Em geral, anúncios parecidos têm um CPM entre US$ 2 e US$ 4.

A falha aconteceu no Google AdX, um sistema que permite comprar espaços publicitários em sites e aplicativos por meio de leilões em tempo real. “Assim que tomamos conhecimento desse erro honesto, trabalhamos rapidamente para interromper as campanhas”, disse a empresa.

O Google ainda se comprometeu a realizar os pagamentos correspondentes a todos que exibiram o falso anúncio. Segundo a BBC, a empresa também afirmou que criará controles para impedir que erros causados por falhas humanas voltem a acontecer.

Continue lendo

Internet

Celular para crianças: os cuidados que você deve ter ao dar um aparelho aos pequenos

Saiba os perigos do mundo virtual e os cuidados que devem ser tomados ao entregar um celular para crianças.

Publicado em

Do MSN
Fique atenta ao que os pequenos fazem com a tecnologia! (Foto: Shutterstock)

A internet é uma ótima aliada para crianças e jovens, abrindo portas para o conhecimento, entretenimento e até socialização. Mas ela pode ser uma ferramenta perigosa aos filhos quando utilizada sem certas precauções. Bruno Prado, especialista em segurança na internet, indica os perigos do mundo virtual e os cuidados que devem ser tomados ao entregar um celular para crianças.

Cyberbullying

O bullying, violência em forma de “brincadeira” na escolas, é um problema antigo pelo qual muitos jovens passam e que podem gerar diversas consequências no desenvolvimento da personalidade do indivíduo. “Na era moderna, o bullying ganhou uma nova roupagem e transcendeu o horário das aulas. As humilhações chegaram às redes sociais, causando um sofrimento interminável à vítima”, salienta Prado.

Como evitar: Nesses casos, os pais devem ficar atentos a possíveis mudanças de comportamento dos filhos e estabelecer um diálogo para o acompanhamento psicológico.

Superexposição

Todo mundo compartilha suas experiências nas redes sociais, indica os locais que costumam frequentar e posta fotos em momentos de lazer e até de intimidade. Ao dar um celular para crianças, fique alerta: “Essas informações são vestígios que ajudam qualquer desconhecido a identificar facilmente onde o jovem estuda e passeia, sua classe social e quem são seus parentes. Assim, fica muito mais fácil de se tornar um alvo de crimes”, salienta o especialista.

Como evitar: configure as permissões dos aplicativos para definir quem pode visualizar as postagens. Uma conversa também é válida para apresentar os riscos da superexposição e orientar o que pode ou não ser compartilhado.

Conteúdos impróprios

“Conversas e grupos em aplicativos de mensagens instantâneas são um meio eficiente para conversas com familiares e amigos, compartilhamento de imagens e vídeos de piadas, por exemplo. Ao mesmo tempo, alguns conteúdos podem ser ofensivos e/ou impróprios para as crianças”, ressalta Prado.

Como evitar: autorize a utilização desses aplicativos somente após uma idade mais avançada.

Criminosos virtuais

As redes sociais são ótimas para conhecer pessoas com as mesmas afinidades e fazer novos amigos, mas também há o risco de encontrar gente mal intencionada. “Esses criminosos procuram se aproximar das vítimas até ganhar a confiança para organizar um encontro no mundo real, o que é uma armadilha para diversos golpes. Muitas vezes, as crianças dão abertura aos estranhos em busca de uma atenção que não recebem em casa”, comenta o especialista.

Como evitar: a proximidade e o diálogo com os filhos são fundamentais para prevenir sobre os riscos e saber com quem eles estão conversando.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Banner Star Som
Solutudo 300
Publicidade

FaceNews

Mais lidas