Fique conectado

Saúde

Aplicativo do SUS: saiba ver agendamentos de consultas pelo Meu digiSUS

App oficial do Ministério da Saúde é compatível com celulares Android e iPhone (iOS).

Publicado em

612

Saiba como usar o app Meu digiSUS no celular — Foto: Helito Beggiora/TechTudo

O Meu digiSUS é o aplicativo oficial do Ministério da Saúde para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Compatível com celulares Android e iPhone (iOS), o app permite visualizar o seu histórico de saúde, encontrar postos, hospitais e farmácias, marcar consultas, acompanhar agendamentos e mais. Para utilizar os recursos da plataforma, é necessário realizar o seu cadastro no portal Brasil Cidadão.

No tutorial a seguir, confira como usar o app Meu digiSUS. O procedimento foi realizado em um Moto E5 Plus, da Motorola, rodando o Android 8.0 Oreo, mas as dicas também valem para usuários da plataforma da Apple e para outros aparelhos com o sistema do Google.

Passo 1. Baixe e instale o app Meu digiSUS. Ao abri-lo pela primeira vez, deslize a tela algumas vezes para a esquerda e toque em “Entrar”. Faça login usando sua conta do Brasil Cidadão ou registre-se gratuitamente;

Acesse a sua conta do Brasil Cidadão ou cadastre-se grátis para entrar no Meu digiSUS — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Acesse a sua conta do Brasil Cidadão ou cadastre-se grátis para entrar no Meu digiSUS — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Passo 2. Na tela principal do aplicativo, toque em “Minha Saúde” para ver e editar seus dados pessoais, medicamentos, vacinas, exames, alergias, informações nutricionais, médicos que lhe atendem e mais;

Acessando informações pessoais sobre a sua saúde com o Meu digiSUS — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Acessando informações pessoais sobre a sua saúde com o Meu digiSUS — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Passo 3. Em “Serviços de Saúde”, você pode localizar hospitais, farmácias populares, maternidades, serviços de urgência e centros de especialidades próximos da sua localização atual. Para isso, o aplicativo pedirá acesso ao GPS do seu celular;

Localizando serviços de saúde com o Meu digiSUS — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Localizando serviços de saúde com o Meu digiSUS — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Passo 4. Abra “Medicamentos” para ver e cadastrar seus medicamentos. Você também pode localizar uma farmácia popular próxima a você e ver algumas informações sobre o programa e medicamentos disponibilizados pelo SUS;

Acessando registro de medicamentos do Meu digiSUS — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Acessando registro de medicamentos do Meu digiSUS — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Passo 5. Toque em “Atendimento SUS” para ver as suas consultas agendadas, ver a fila de espera e visualizar o histórico de consultas realizadas. Em “Agendar consulta”, é possível marcar uma consulta com o médico que lhe atende;

Agendando atendimento pelo SUS no app Meu digiSUS — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Agendando atendimento pelo SUS no app Meu digiSUS — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Passo 6. Em “Ouvidoria SUS”, você pode acompanhar e registrar reclamações, denúncias, solicitações e sugestões de melhorias para o sistema. Por lá, também é possível ligar para o número 136 para tirar dúvidas sobre doenças e obter informações sobre ações e programas do Ministério da Saúde;

Acessando ouvidoria do app Meu digiSUS — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Acessando ouvidoria do app Meu digiSUS — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Passo 7. Acessando a aba “Campanhas”, você encontra informações sobre as ações e programas promovidos pelo Ministério da Saúde. Toque sobre o botão verde em destaque, na barra inferior, para agendar um atendimento médico, retirada de medicamentos, ver a sua carteirinha de vacinação e outras ações rápidas;

Visualizando campanhas do Ministério da Saúde no app — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Visualizando campanhas do Ministério da Saúde no app — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Passo 8. Na aba “Avisos”, é possível visualizar as notificações do aplicativo Meu digiSUS. Por fim, acesse a aba “Mais” para visualizar informações sobre o app, alterar a sua senha, visualizar outros aplicativos do Ministério da Saúde e sair da sua conta.

Acessando notificações e configurações do app — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Acessando notificações e configurações do app — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

Pronto! Aproveite as dicas de como usar o app Meu digiSUS para agilizar o atendimento médico em consultas do SUS.

Saúde

Colaboradores do Ame Assis concluem curso de libras

A iniciativa teve como objetivo capacitar os profissionais e melhorar as condições de acessibilidade e acolhimento.

Publicado em

Assessoria
Colaboradores do Ame Assis concluem curso de libras (Foto: Divulgação)

No último sábado (10), aconteceu o encerramento do curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras), oferecido pelo Ambulatório Médico de Especialidades (AME) Assis aos colaboradores. No total, 06 profissionais foram capacitados para utilizar a língua.

A capacitação foi uma iniciativa da Comissão de Humanização do Ambulatório com o objetivo de melhorar ainda mais as condições de acessibilidade no acolhimento e atendimento da comunidade, em especial de pessoas com deficiência auditiva.

As aulas foram ministradas por Beatriz Cristina Lopes e ocorreram aos sábados, seguindo um cronograma pré-definido. Além dos profissionais do AME, colaboradores da Santa Casa de Assis também puderam participar do curso.

Essa foi a segunda turma de Libras promovida pelo AME Assis, que sob a gestão da Santa Casa de Assis desde 2013, busca oferecer um atendimento diferenciado e de qualidade, com foco na humanização e bem estar do paciente, respeitando o ser humano e os recursos públicos investidos.

Libras é um conjunto de formas gestuais utilizada por deficientes auditivos para a comunicação entre eles e outras pessoas, sejam elas surdas ou ouvintes. No Brasil, a Língua Brasileira de Sinais foi estabelecida através da Lei nº 10.436/2002, como a língua oficial das pessoas surdas.

Para saber mais sobre o Ambulatório acesse www.ameassis.org.br.

Colaboradores do Ame Assis concluem curso de libras (Foto: Divulgação)

Continue lendo

Saúde

Oncologia oficialmente volta a funcionar no Hospital Regional de Assis

No local serão tratadas patologias em mastologia, colonoscopia, ginecologia e urologia.

Publicado em

Assessoria
Oncologia oficialmente volta a funcionar no Hospital Regional de Assis (Foto: Departamento de Comunicação)
Oncologia oficialmente volta a funcionar no Hospital Regional de Assis (Foto: Departamento de Comunicação)

Na tarde desta quarta-feira (31), o prefeito José Fernandes participou de uma solenidade para anunciar a volta dos atendimentos no setor de oncologia do Hospital Regional de Assis através da Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia – UNACOM.

No local serão tratadas patologias em mastologia, colonoscopia, ginecologia e urologia.

Durante cerimônia para anunciar o retorno dos serviços, o prefeito falou da importância do engajamento de todos os envolvidos e que não mediram esforços para a concretização desse momento tão importante para a cidade e principalmente para os pacientes que necessitam do atendimento na cidade e região.

“A partir de hoje, os munícipes de Assis e cidades vizinhas poderão realizar seus tratamentos aqui em nossa cidade. O setor de oncologia do Hospital Regional está equipado e totalmente preparado para receber cada paciente que venha necessitar de tratamento de acordo com as patologias oferecidas. Graças ao empenho de todos os envolvidos, hoje podemos celebrar mais essa conquista na área da Saúde, uma ação do Poder Público Municipal junto à sociedade civil, membros da Associação Voluntária de Combate ao Câncer de Assis, Ministério Público, prefeitos do CIVAP, Câmara Municipal de Assis e OAB.”, enalteceu o prefeito.

Como forma de oficializar o retorno dos atendimentos em oncologia, os quais estavam interrompidos desde 2017, simbolicamente representantes do Poder Executivo, do Conselho Municipal da Saúde, do Judiciário, do CIVAP, do Hospital Regional e da Associação Voluntária de Combate ao Câncer de Assis tocaram o sino do setor oncológico.

Continue lendo

Saúde

Santa Casa de Assis e FEMA assinam parceria

O Convênio promoverá uma grande reforma na ala de internação SUS da Santa Casa de Assis.

Publicado em

Assessoria
Santa Casa de Assis e FEMA assinam parceria (Foto: Divulgação)

A manhã da terça-feira (23), entrou para a história de Assis, com a assinatura do Convênio celebrado entre a Fundação Educacional do Município de Assis – FEMA e a Santa Casa de Assis. Um grande presente no ano que a Santa Casa comemora 100 anos.

O Convênio firmado tem o objetivo de promover o internato dos alunos do curso de Medicina, oportunizando a integração e o desenvolvimento de conhecimentos, habilidades e atitudes para o exercício profissional. Em contrapartida, permitirá a Organização Hospitalar realizar uma ampla reforma e ampliação da sua estrutura, abrangendo as áreas de atendimento SUS (possibilitando enfermarias com apenas dois leitos e banheiro), cozinha e o refeitório de uso de colaboradores e futuramente também dos alunos de Medicina.

A oficialização do Convênio ocorreu na sala da Direção, no campus da Fema e foi assinado pelo presidente do Conselho Curador, Arildo José de Almeida, pela provedora da Santa Casa Profª Drª Telma Gonçalves Carneiro Spera de Andrade e pelo diretor executivo da Fundação Prof. Ms. Eduardo Augusto Vella Gonçalves. Após a assinatura, o documento foi encaminhado para a Câmara Municipal de Assis para aprovação, em seguida serão iniciados os trâmites legais para o início das obras.

Na oportunidade, o Presidente da Fema Arildo destacou que o Convênio foi aprovado por unanimidade pelo Conselho Curador. O Diretor Prof. Ms Eduardo falou que a Santa Casa é o Hospital de referência SUS para a cidade de Assis e que Fema e Santa Casa não poderiam ficar de fora no processo de integração entre ensino e serviço.

A Provedora Telma destacou a grandiosidade dos objetivos do Convênio e afirmou que a população será a mais beneficiada. ‘Primeiramente quero agradecer a Fema por tudo que tem feito pela cidade de Assis, especialmente na área da saúde. Nesse momento é importante ressaltar que a Santa Casa vem se reorganizando e se modernizando, e ter uma instituição de ensino e pesquisa dentro do Hospital é primordial, porque quando se presta assistência à saúde com uma base sólida de ensino e pesquisa a tendência é aprimoramento e a vinda de novas tecnologias de forma imediata. Na Santa Casa de Assis aproximadamente 80% dos atendimentos são SUS e essa parceria com a Fema está trazendo uma implementação de investimento em estrutura física e uma remodelagem na assistência. As enfermarias, que hoje possuem três leitos apertados, serão melhoradas com apenas dois leitos cada e um sanitário anexo. Ao mesmo tempo que a Fema está abençoando a Santa Casa e diretamente a população de Assis, que terá um atendimento SUS com dignidade, ela também está contemplando seus alunos e professores com o que deve ser realizado na prática da saúde no Brasil.  Em especial quero registrar meus agradecimentos aos Diretores e Conselheiros da Santa Casa de Assis que apoiaram esse projeto.’

Telma destacou também que o Convênio prevê a reforma da cozinha e do refeitório de colaboradores da instituição, o que é muito importante.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Solutudo 300
Publicidade

FaceNews

Mais lidas