Hospital de Campanha de Assis, na ADPM, será desativado

Hospital de Campanha será desativado após 90 dias de funcionamento (Foto: Reprodução)

Hospital de Campanha será desativado após 90 dias de funcionamento (Foto: Reprodução)

A Prefeitura Municipal de Assis decidiu desativar o Hospital de Campanha, montado no ginásio de esportes da Associação Desportiva da Polícia Militar, na avenida Félix de Castro, que iniciou o atendimento no dia 26 de maio. A informação é do Jornal da Segunda.

A notícia foi confirmada nesta segunda-feira (17), pelo secretário municipal de Saúde, Adriano Luís Romagnoli Pires, em diálogo com o vereador Valmir Dionizio.

“Parte da estrutura será transferida para uma espécie de ‘Centro de Covid-19’, em local a ser providenciado pela Secretaria Municipal de Saúde”, disse o parlamentar. No entanto, a Prefeitura ainda não fez uma previsão sobre a data para desativação do Hospital de Campanha.

Segundo Dionizio, Romagnoli teria justificado que o “Hospital de Campanha cumpriu seu objetivo e agora com a pandemia teoricamente sob controle, e Assis na fase amarela, um novo local está sendo estudado”.

Segundo o vereador, o secretário da Saúde negou que o Centro COVID seria montado no CIAPS, onde funciona o Centro de Reabilitação.  “O Comitê Gestor está estudando outras possibilidades de prédios públicos ou locação de um imóvel”, finalizou.

#MAIS LIDAS DA SEMANA