Captação de currículos para a Havan tem fila de 250 metros

A Havan deve inaugurar em agosto sua filial de Marília, na Avenida Carlos Artêncio, ao lado da rodoviária.

A fila para participar do processo seletivo das vagas de emprego da Havan em Marília começou a ser formada quase 12 horas antes do início da captação de currículos ser iniciadas, às 8h desta quarta-feira (5).

No começo da manhã eram centenas de pessoas dobrando duas esquinas – cerca de 250 metros – iniciada no Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT), localizado na Rua Carlos Gomes, 137.

O anúncio era de que seriam disponibilizadas apenas 150 senhas e os primeiros colocados chegaram por volta das 21h da terça-feira, conforme apurou a reportagem do Marília Notícia e bem agasalhados por conta da frente fria que atua na região.

Alguns levaram até cobertores para enfrentar uma das madrugadas mais geladas do ano até agora, com 10ºC no termômetro – segundo previsão – e sensação térmica ainda mais baixa, por conta da umidade.

Cláudio Procópio, 23 anos, chegou na fila por volta das 3h30, onde já encontrou cerca de 15 pessoas na sua frente.

“Tenho ensino médio completo e estou procurando emprego na área de venda, mas o que tiver estou à disposição”, disse.

O jovem conta que está procurando emprego há três meses, mas algumas pessoas com quem a reportagem conversou disseram que estão desempregadas há dois anos ou mais.

Cláudio Procópio, 23 anos, um dos primeiros da fila (Foto: Leonardo Moreno)

“O comércio está tendo pouca saída então para contratar não compensa. Eu trabalhava em uma loja de calçado que começou com 15 vendedores e hoje está com cinco. E é geral no comércio, pelo que falo com meus amigos”, afirmou Cláudio.

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostram que desde o começo do ano a economia mariliense de modo geral gerou 788 postos formais – com carteira assinada.

O problema tem sido especificamente o comércio, que está com saldo negativo. Ou seja, está demitindo mais gente do que contratando. Entre janeiro e abril foram extintas 264 vagas.

E até março o quadro era ainda pior, mas o setor teve uma leve recuperação no quarto mês do ano.

Carlos Antônio dos Santos, 44 anos (Foto: Leonardo Moreno)
Carlos Antônio dos Santos, 44 anos (Foto: Leonardo Moreno)

Carlos Antônio dos Santos, 44 anos, tem ensino superior incompleto, e se mudou este ano para Marília, onde já viviam parentes de sua esposa. Antes, ele morava com a família no Ceará, onde já vinha procurando emprego há bastante tempo, diz ele sem precisar quanto.

“Participei de algumas entrevistas e infelizmente não deram certo. Então vi o anúncio da disponibilidade das vagas para a Havan e vim tentar uma vaga. Madruguei aqui”, comentou.

No começo da manhã Carla Ananias, 29 anos, comemorava a chegada do sol depois de passar bastante frio. “Tudo por um emprego, né?”, disse ao MN. Ela era operadora de caixa e tem dois filhos. “Ainda bem que meu marido está empregado, é o que salva”.

Fila dobrou duas esquinas (Foto: Leonardo Moreno)
Fila dobrou duas esquinas (Foto: Leonardo Moreno)

Havan

A Havan deve inaugurar em agosto sua filial de Marília, na Avenida Carlos Artêncio, ao lado da rodoviária. O atendimento no PAT será realizado mediante senha, no total de 150 por dia de seleção.

As vagas disponíveis são: líder de departamento, operador de caixa, auxiliar de vendas, visual merchandising, vendedor (eletro/eletrônico e serviços), conferente de estoque, zelador e fiscal de loja.

É necessário que os candidatos tenham mais de 18 anos e ensino médio completo, disponibilidade para trabalhar nos fins de semana e também para realizar treinamento em outra filial da rede.

“Simpatia, dinamismo, iniciativa, vontade de trabalhar em equipe e disposição para o atendimento ao público são requisitos exigidos pela Havan para preencher as vagas”, diz comunicado da empresa.

Além de salário compatível com as funções, segundo a própria Havan, a loja oferece benefícios como vale-transporte, vale-alimentação e Programa de Participação nos Resultados (PPR).

(Foto: Leonardo Moreno)
(Foto: Leonardo Moreno)
(Foto: Leonardo Moreno)
(Foto: Leonardo Moreno)

#MAIS LIDAS DA SEMANA