Fique conectado

Cidade

Assis e outras 16 cidades são alvos de operação da Polícia Federal

Operação envolveu 400 policiais, foram expedidos mandados de prisão em 7 estados. Além das detenções, foram executados 81 mandados de busca e apreensão.

Publicado em

182

Quadros apreendidos pela Polícia Federal durante a operação Lava-Jato (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

A Polícia Federal deflagrou uma operação na manhã desta segunda-feira (17) para desarticular diversas quadrilhas que usavam um esquema de lavagem de dinheiro envolvendo operações no mercado clandestino de câmbio.

Carro apreendido pela Polícia Federal durante a operação Lava-Jato, que expediu mandados de prisão de 47 pessoas por lavagem de dinheiro (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

Ao todo, foram expedidos 47 mandados de prisão preventiva, temporária ou condução coercitiva, em seis Estados e no Distrito Federal.

A operação foi batizada de “Lava-Jato”, porque um dos envolvidos usava uma lavanderia e um posto de combustível como fachada. Os grupos, segundo a PF, teriam realizado movimentações atípicas que somam R$ 10 bilhões, lavando dinheiro para pessoas físicas e jurídicas ligadas a crimes como tráfico internacional de drogas, corrupção de agentes públicos, sonegação fiscal, evasão de divisas, extração, contrabando de pedras preciosas e desvios de recursos públicos, entre outros.

Os mandados de prisão foram emitidos pela Justiça Federal do Paraná.

A operação envolve 400 policiais nas cidades de Curitiba, São José dos Pinhais, Londrina e Foz do Iguaçu, no Paraná; São Paulo, Mairiporã, Votuporanga, Vinhedo, Assis e Indaiatuba, no Estado de São Paulo; Brasília, Águas Claras e Taguatinga do Norte, no Distrito Federal; Porto Alegre (RS); Balneário Camboriú (SC); Rio de Janeiro (RJ); e Cuiabá (MT).

Também estão sendo cumpridos 81 mandados de busca e apreensão, além de ordens de sequestro de imóveis de alto padrão, apreensão de patrimônio e bloqueio de dezenas de contas e aplicações bancárias.

O esquema
De acordo com a PF, o esquema funcionava em três etapas. Na primeira, as organizações criminosas de diversos segmentos, como tráfico de drogas, contrabando de pedras preciosas, corrupção e desvio de recursos públicos, procuravam doleiros para ‘lavar o dinheiro’.

Na segunda, os doleiros, localizados em Estados como São Paulo, Paraná e no Distrito Federal, utilizavam empresas de fachada na China e Hong Kong para simular operações de importação e exportação e enviar o dinheiro para fora do país, o que dava uma aparência de legalidade às transações.

A terceira e última etapa começava depois que o dinheiro chegava à China. Os recursos eram reenviados aos criminosos por meio de transferências para contas no exterior ou mesmo no Brasil.

A PF informou que no caso das quadrilhas envolvidas com o tráfico internacional de drogas, as remessas ilegais eram utilizadas para comprar drogas fora do país.

Publicidade

Cidade

5ª Queima do Alho terá Festival de Viola

Evento acontecerá no dia 30 de junho.

Publicado em

Assessoria
5ª Queima do Alho terá Festival de Viola

Consolidado como um dos maiores eventos culturais do interior paulista, a 5ª Queima do Alho da Ficar 2019 acontecerá no dia 30 de junho, domingo e véspera de feriado, no Pavilhão Rezende Barbosa, no recinto da Ficar a partir das 11hs00.

Uma das atrações mais aguardadas do evento é o Festival de Viola com a apresentação de duplas renomadas tocando os clássicos da musica sertaneja raiz e modas de viola.

O repertório está sendo cuidadosamente selecionado pelas duplas que farão as apresentações, Ricardo & Santiago, Ademir & Paulinho, Pedro Henrique e Santiago e Silvio Tomé & Jaime. O objetivo é proporcionar um regate musical com as musicas que eternizaram e marcaram época dentro do sertanejo raiz.

Os convites são limitados e o primeiro lote está esgotando. Podem ser adquiridos nos pontos de venda: Ranch Country, Cowboy Coll, Assis Ranch, Empório Custódio, Comitivas de Tropeiro, Thiaguinho Pinheiro, promoters e com o Presidente da ACT – Associação da Cultura Tropeira Augustinho Rocha no 9-9776-5454.

A Queima do Alho é organizada em parceria com a Associação Assisense de Rodeio – AAR, Associação da Cultura Tropeira – ATC, com o apoio da Prefeitura Municipal de Assis e fazem parte do cronograma oficial de eventos da Ficar 2019.

Continue lendo

Cidade

Incêndio criminoso atinge área do Aterro de Inertes em Assis

Denúncias e mais informações pelo número de telefone e WhatsApp (18) 3324-3355.

Publicado em

Assessoria
Incêndio criminoso atinge área do Aterro de Inertes em Assis (Foto: Departamento de Comunicação)
Incêndio criminoso atinge área do Aterro de Inertes em Assis (Foto: Departamento de Comunicação)

Nesta quarta-feira (15), foi comprovada ação criminosa ocorrida no Distrito Industrial onde fica o Aterro de Inertes da Prefeitura de Assis, um incêndio de grandes proporções que atingiu grande parte daquele local.

A Prefeitura alerta para os riscos ocasionados pelo fogo e pela fumaça, uma ação praticada por terceiros e que afeta o Meio Ambiente e toda população.

De acordo com o secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Fábio Nossack, infelizmente com a atitude criminosa de terceiros quem paga é o Meio Ambiente, que após pericia do ato criminoso, foi comprovado que o material utilizado para provocar o incêndio é altamente inflamável.

“Todas as medidas já foram tomadas para que o fogo não se alastre para outros pontos, mas a ação criminosa deixou grande parte do Aterro sob cinzas. Mesmo sabendo dos riscos e danos provocados pelo fogo, lamentamos que ainda haja pessoas maldosas que agem contra a natureza e a saúde da população. É crime colocar fogo em qualquer área, seja no Aterro de Inertes ou em qualquer terreno da cidade, isso é crime”, desabafa Fábio.

O prefeito José Fernandes se indignou com tamanha maldade e pede que a população propague e intensifique a importância de não se colocar fogo em nenhum local, seja na cidade ou na zona rural.

“Precisamos fortalecer a importância de cuidar do meio em que vivemos, pois uma ação criminosa como esta ocasionou prejuízos avassaladores para a natureza e inclusive nossa cidade”, enfatizou o prefeito.

Para cada tipo de resíduos a Prefeitura tem o local correto para descarte.

Denúncias e mais informações pelo número de telefone e WhatsApp (18) 3324-3355.

Continue lendo

Cidade

Rádio Antena Jovem volta a transmitir programa do Padre Marcelo Rossi

Emissora havia deixado de retransmitir programa após Rádio Globo informar que o mesmo não seria mais veiculado pela emissora geradora. Programação irá ao ar de segunda a sábado, das 8 às 9 horas.

Publicado em

Do AssisNews
Rádio Antena Jovem volta a transmitir programa do Padre Marcelo Rossi

A Rádio Antena Jovem FM voltará a transmitir a partir desta quarta-feira (19), o programa do Padre Marcelo Rossi. Novo programa do sacerdote, “No colo de Jesus e de Maria”, será ao vivo de segunda a sexta-feira, das 8 às 9h.

Padre Marcelo já fez parte da programação da emissora com o “Momento de Fé” durante 15 anos, mas deixou de ser exibido em 2017 após o recebimento de um comunicado enviado pela Rádio Globo no dia 27 de março, daquele ano, no qual a informação é de que o programa Momento de Fé não seria mais veiculado pela emissora geradora.

O Padre Marcelo

Marcelo Mendonça Rossi, nasceu em São Paulo, ele foi ordenado padre em 1994. É reitor do Santuário Nossa Senhora Mãe de Deus, na Diocese de Santo Amaro, onde suas missas e eventos atraem multidões.

Foi por meio do rádio e da televisão que suas mensagens de fé e de paz começaram a ser difundidas para todo o Brasil.

É o maior fenômeno cristão da América Latina, com mais de 11 milhões de CDs vendidos ao longo de sua carreira. Escreveu livros, que logo surgiram entre os mais vendidos do País.

Em 2010, teve seu trabalho reconhecido pelo Vaticano, onde o Papa Bento XVI lhe concedeu o Prêmio Van Thuan como “O Evangelizador do Novo Milênio”.

A programação “No colo de Jesus e de Maria” poderá ser acompanhada pelo rádio (FM 94,9) ou pelo computador, tablet ou smartphone através do site radioantenajovemfm.com.br.

Continue lendo
Solutudo 300
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas