Motoristas de ônibus do transporte público paralisam atividades em Assis

Funcionários reclamam de falta de pagamento e condições de trabalho. Cerca de 2,5 mil são prejudicados; não previsão para normalização do serviço.

Os funcionários da empresa responsável pelo transporte público de Assis (SP) paralisaram as atividades na manhã desta terça-feira (23).

Ao todo, 22 funcionários pararam as atividades para protestar contra a má qualidade dos serviços. Cerca de 2,5 mil usuários são prejudicados pelo ato, que não tem previsão de terminar.

Os usuários reclamam das péssimas condições dos ônibus, como veículos quebrados, poltronas que chegam a parecer sucata e janelas quebradas.

Já os motoristas alegam que há atraso no pagamento de salários e também do 13º.

Impasse

Em novembro, a Prefeitura de Assis rompeu o contrato com a Rápido Turismo, responsável pelo transporte coletivo na cidade.

De acordo com a prefeitura, a empresa não atendeu às solicitações de melhorias dos serviços e alegou que teria que aumentar a passagem, mas não houve acordo e a Rápido Turismo ficou de continuar prestando o serviço até que outra empresa seja contratada por meio de licitação.

A empresa informou que foi ela quem pediu a quebra de contrato porque a situação financeira estava insustentável.

#MAIS LIDAS DA SEMANA