Após reunião, Sindicato continua contra suspender contribuição

Reunião discutiu futuro da Assisprev

Na tarde da última quarta-feira (25), aconteceu um encontro virtual envolvendo representantes da Prefeitura Municipal, Câmara de Vereadores, Assisprev e Sindicato dos Servidores para discutir o projeto de lei de autoria do prefeito José Aparecido Fernandes, do PDT, que pretende suspender a contribuição previdenciária devida pela Prefeitura. A justificativa é a queda de arrecadação por conta da crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus.

Ao final do encontro, o presidente do Sindicato dos Servidores, Paulo César Tito, o Paulo ‘Cuca’, informou que continua contrário à proposta e que planeja mobilizar a categoria, inclusive aposentados e pensionistas, a pressionar os vereadores para rejeitarem a propositura.

Para ele, a falta de informações e o momento -final de mandato da maioria dos vereadores- são motivos suficientes para que o assunto não seja deliberado pela atual legislatura.

O secretário municipal da Fazenda, Percy Cidin, e o presidente da Assisprev, Sérgio Paião, alguns vereadores e representantes do Sindicato dos Servidores foram os participantes do encontro virtual.

*JSol

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA