Bombeiro aposentado fazia parte de quadrilha flagrada em avião com drogas, diz polícia

Cerca de 1,2 tonelada de maconha foi apreendida na aeronave. Suspeito e outros dois homens foram levados à sede da Polícia Federal de Marília (SP).

Um bombeiro aposentado foi preso suspeito de fazer parte de uma quadrilha flagrada no sábado (3) em um avião agrícola “recheado” com tijolos de maconha em Paraguaçu Paulista (SP).

De acordo com a Polícia Federal, os policiais chegaram até os suspeitos após investigações sobre tráfico de drogas e, no avião, foi apreendida 1,2 tonelada de maconha.

A aeronave é usada para pulverização de áreas rurais e os tijolos de maconha estavam escondidos no tanque de armazenamento de produtos químicos.

O bombeiro aposentado e mais outras duas pessoas foram encaminhadas até a sede da Polícia Federal de Marília (SP), onde prestarão depoimento nesta segunda-feira (5).

A operação

Conforme a investigação da PF, foi apurado que uma aeronave agrícola pousaria em uma pista clandestina na zona rural de Paraguaçu Paulista e foi solicitado o apoio da PM para interceptá-la.

Foi feito cerco e três pessoas foram detidas, dentre elas, o bombeiro aposentado, cuja identidade ainda não foi divulgada.

A aeronave está sendo desmontada no aeroclube de Paraguaçu Paulista e deve ser transportada para Marília (SP). Ainda não há informações sobre a procedência da droga.

Maconha estava escondida no tanque de armazenamento de produtos químicos do avião (Foto: Divulgação )

#MAIS LIDAS DA SEMANA