Angélica Mendes Teodoro, de 27 anos, foi atingida por dois disparos, na cabeça e abdômen, e não resistiu ao ferimentos (Foto: Arquivo pessoal)
Angélica Mendes Teodoro, de 27 anos, foi atingida por dois disparos, na cabeça e abdômen, e não resistiu ao ferimentos (Foto: Arquivo pessoal)

Uma mulher de 27 anos morreu na noite deste sábado (10) após ser atingida por tiros durante um churrasco em Cândido Mota (SP). Outras duas pessoas foram atingidas e seguem internadas.

Segundo informações da Polícia, a vítima, Angélica Mendes Teodoro foi alvejada durante uma discussão em uma chácara localizada em Cândido Mota. O autor dos disparos é irmão da jovem com quem Angélica mantinha um relacionamento.

No momento de desespero, o irmão da vítima, que também estava presente, resolveu socorrer Angélica levando-a ao Hospital de Andirá, no Paraná. Mas a mulher não resistiu e ao chegar no hospital.

Além da jovem outras duas pessoas foram atingidas, entre elas a mãe de Angélica, que tem 48 anos, foi atingida no braço e segue internada no Núcleo de Atendimento Referenciado (NAR) do Hospital Regional de Assis.

O outro atingido é um jovem morador de Cândido Mota, de 24 anos. Ele foi alvejado no abdômen e segue internado no Hospital d e Maternidade de Assis.

O boletim de ocorrência foi registrado na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Assis e a Polícia Civil investiga o Caso.

O atirador segue foragido.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Corpo de Bombeiros faz orientações para evitar acidentes com gás

As orientações devem ser seguidas desde o momento da instalação.

Dois são presos após polícia apreender carreta com 2,6 toneladas de maconha

O veículo foi abordado na Rodovia Dona Leonor Mendes de Barros (SP-333)

Soldado da Polícia Militar morre em capotamento de veículo 

Soldado da Polícia Militar morre em capotamento de veículo na Rodovia Arlindo Bétio