Fique conectado

Polícia

Após briga, jovem é assassinado com golpe de canivete em Palmital

O rapaz, que tinha o apelido “Pato”, chegou a ser socorrido à Santa Casa de Misericórdia, mas não resistiu.

Publicado em

1.357

Após briga, jovem é assassinado com golpe de canivete em Palmital (Foto: Arquivo Pessoal)

O histórico de violência entre jovens teve desfecho trágico na tarde desta terça-feira (12) em Palmital (SP).

O comerciário Maicon Reis da Silva Crispe, de 25 anos, morreu com um golpe de canivete na região do tórax depois de briga com um trabalhador rural, no bairro São José.

O rapaz, que tinha o apelido “Pato”, chegou a ser socorrido à Santa Casa de Misericórdia, mas não resistiu.

O autor do homicídio, que tem 21 anos, foi preso pela Polícia Militar no conjunto Miguel Huertas (CDHU) e relatou que o episódio teria sido originado pelo desentendimento recente de seu irmão adolescente com a vítima.

Informações apuradas inicialmente pela Polícia Militar apontam que Maicon teria se desentendido na semana passada com o irmão do trabalhador rural, um adolescente de 16 anos, com quem teria brigado “por causa de namorada” na porta de uma escola no bairro Paraná.

Com o objetivo de defender o familiar, o lavrador teria “comprado a treta” e passado a fazer ameaças contra o comerciário, que trabalhava em uma loja de importados no centro de Palmital.

Por volta das 12h40 desta terça-feira, os dois teriam se encontrado no cruzamento das ruas Alfredo Garcia com Joaquim Amâncio Ferreira, no bairro São José, onde iniciaram uma briga.

Em determinado momento, segundo testemunhas ouvidas pela PM, o comerciário teria sacado um canivete.mas o lavrador teria se defendido com golpes de capacete e tomado a arma branca, com a qual desferiu um único golpe no tórax da vítima, atingindo a região da axila direita.

A canivetada perfurou o tórax e o rapaz foi socorrido em estado grave até a Santa Casa de Misericórdia, onde deu entrada no Pronto-Socorro Municipal e depois foi encaminhado para cirurgia de emergência.

Apesar dos esforços da equipe médica, ele não resistiu e foi a óbito.

Até às 16 horas desta terça-feira, o corpo ainda se encontrava no hospital, aguardando encaminhamento para o Instituto Médico Legal de Assis, para a necropsia.

Após o crime, a Polícia Militar recebeu informações sobre o autor da facada e foi até à residência na rua Paulo Bueno de Camargo, no conjunto Habitacional Miguel Huertas (CDHU).

A localização do acusado, que estava escondido na casa de uma vizinha, foi informada pela sua própria mãe.

O rapaz, que não tem nenhuma passagem criminal anterior, se entregou sem resistência aos policiais militares e disse que não se lembrava do local onde jogou a arma usada no homicídio.

O lavrador foi preso em flagrante e apresentado na Delegacia da Polícia Civil de Palmital, onde os trabalhos de registro da ocorrência ainda estão em andamento, devendo durar até à noite.

O adolescente que teria brigado com a vítima não havia sido localizado para prestar esclarecimentos.

O horário e o local do velório ainda deverão ser divulgados pela família do comerciário. O sepultamento de Maicon, que é filho de uma funcionária da Santa Casa de Palmital, deve ocorrer nesta quarta-feira.

Após briga, jovem é assassinado com golpe de canivete em Palmital (Foto: Arquivo Pessoal)

Após briga, jovem é assassinado com golpe de canivete em Palmital (Foto: Arquivo Pessoal)

Polícia

Caminhão carregado com massa de mandioca tomba em estrada municipal de Assis

Segundo os bombeiros, motorista de 60 anos admitiu ter se distraído com papel que caiu e perdeu o controle. Homem teve ferimentos e foi levado para a UPA da cidade.

Publicado em

Do G1

Um caminhão carregado com massa de mandioca tombou na tarde desta sexta-feira (13) na estrada municipal Manoel Fernandes, que faz a ligação entre Assis e Lutécia (SP).

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o motorista de 60 anos admitiu que se distraiu com um papel que caiu do no assoalho e perdeu o controle do caminhão, que tombou. O homem estava sozinho na cabine.

O caminhão ficou tombado parcialmente sobre a pista e houve um pequeno vazamento de combustível do tanque. A equipe de incêndio dos bombeiros foi acionada para atender o caso, mas o caminhão não chegou a pegar fogo.

O motorista teve ferimentos considerados leves e foi encaminhado para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Assis com dores na região do lombar, tórax e ferimentos no rosto.

Continue lendo

Polícia

Homem que morreu baleado pela PM em Bastos era suspeito de violência doméstica

Equipe da polícia estava acompanhando oficial de Justiça para cumprir mandado de afastamento e retirar os pertences dele da casa da mulher quando suspeito reagiu com uma faca.

Publicado em

Do G1
Homem que morreu baleado pela PM em Bastos era suspeito de violência doméstica — Foto: Arquivo pessoal
Homem que morreu baleado pela PM em Bastos era suspeito de violência doméstica — Foto: Arquivo pessoal

O homem que morreu baleado pela Polícia Militar, na madrugada de sexta-feira (13) em Bastos (SP), era suspeito de violência doméstica e estava recebendo um mandado de afastamento da mulher no momento da abordagem.

Segundo a Polícia Militar, a equipe estava acompanhando o oficial de Justiça até a casa do suspeito, para o homem pegar seus pertences e deixar o local, para o cumprimento da medida protetiva. Segundo a polícia, ele entrou na casa dizendo que iria buscar alguns documentos, mas voltou armado com uma faca.

Diante disso, os policiais atiraram usando balas de borracha, mas o homem conseguiu fugir para um matagal. Durante a madrugada, a PM conseguiu encontrá-lo novamente na casa onde morava com a mulher.

Houve um novo confronto, no qual o homem foi atingido com três disparos e morreu no local. Os policiais não se feriram.

A mulher não estava em casa neste momento porque, segundo a polícia, ela tinha deixado o local com medo de que o homem retornasse.

De acordo com a polícia, o homem de aproximadamente 50 anos não teve a identidade divulgada por estar em posse de documentos falsos.

Continue lendo

Polícia

Polícia Rodoviária apreende carga de cigarros sem nota fiscal em rodovia de Ourinhos

Contrabando foi encontrado em um caminhão com placas de Concórdia (SC) e motorista será investigado por descaminho. Em Pirajuí, cigarros também foram apreendidos.

Publicado em

Polícia Rodoviária apreende carga de cigarros sem nota fiscal em rodovia de Ourinhos — Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação
Polícia Rodoviária apreende carga de cigarros sem nota fiscal em rodovia de Ourinhos — Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação

A Polícia Rodoviária apreendeu cerca de 400 mil maços de cigarro, na madrugada desta sexta-feira (13), na Rodovia Raposo Tavares, em Ourinhos (SP).

Segundo a Polícia Rodoviária, a equipe abordou um caminhão com placas de Concórdia (SC) e, ao fazer vistoria, encontrou os cigarros de origem paraguaia, sem nota fiscal.

O total da carga ainda vai ser contabilizado e a ocorrência foi encaminhada à Polícia Federal em Marília. Segundo a polícia, o motorista poderá ser investigado por descaminho.

Apreensão em Pirajuí
Em Pirajuí (SP), a polícia também apreendeu uma carga de cigarros contrabandeados. A apreensão foi de mais de 1,3 mil pacotes, na noite de quinta-feira (12), no Bairro Aclimação.

Segundo a Polícia Militar, uma equipe fazia patrulhamento na Rua Prefeito Joaquim Gabriel de Oliveira quando percebeu dois homens colocando caixas dentro de um carro.

Durante a abordagem, os policiais descobriram que pai e filho estavam com 1.324 pacotes de cigarros contrabandeados, de 35 marcas diferentes. Os produtos foram apreendidos e encaminhados para a Polícia Federal de Bauru.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas