Pit Bull é morto a tijoladas após pular muro e brigar com cachorro do vizinho

Polícia Civil investiga o caso; homem informou que tomou a atitude porque o cão dele estava sendo atacado pelos animais do vizinho.

Thor, de 1 ano e 4 meses, foi morto depois de brigar com o cachorro do vizinho em Assis (Foto: Arquivo pessoal)

A Polícia Civil de Assis (SP) investiga as circunstâncias da morte de um cachorro que foi agredido com tijolos, após pular o muro e brigar com o cachorro do vizinho em uma empresa no Distrito Industrial.. O caso teria ocorrido no domingo (27).

Segundo o boletim de ocorrência, registrado nesta segunda-feira (28), o dono do animal que morreu relatou à polícia que o cachorro dele, chamado Thor, pulou o muro que faz divisa entre a empresa dele e do vizinho e se envolveu em uma briga com outros cães.

De acordo com o BO, o vizinho conseguiu separar os cachorros, mas quando Thor, de 1 ano e 4 meses, já estava voltando para seu espaço, foi agredido até a morte. Câmeras de segurança registraram a ação.

Nas imagens, é possível ver que Thor entrou correndo no canil na casa do vizinho e foi seguido pelo proprietário. Em seguida, o homem pegou uma pedra no chão e atingiu o cachorro dentro da casa. O cão do vizinho também estava no local e saiu segundos mais tarde, escoltado pelo dono.

Elisio Alves Neto, dono do Thor, contou ao G1 que descobriu que o cachorro havia morrido quando foi alimentar os animais na noite de domingo (27).

“Quando cheguei para tratar os cachorros, dei falta do cachorro aqui dentro. Aí comecei a procurar, pensei que ele podia ter saído na hora de fechar o portão eletrônico, mas aí minha mulher foi perguntar para o guarda e ele disse: ‘senta que a notícia é ruim’”, lembra Elisio.

Depois disso, o empresário contou que foi até o canil do vizinho e encontrou Thor morto dentro da casinha. Na manhã do dia seguinte, ele viu as imagens das câmeras de segurança e decidiu registrar um boletim de ocorrência, quando encontrou os funcionários do vizinho enterrando o animal.

A Polícia Civil informou que o caso está sendo investigado pela Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Assis. Segundo o delegado, foi instaurado procedimento e os envolvidos na ocorrência serão ouvidos.

Briga
José Marques de Paiva, dono da empresa invadida pelo Pit bull, disse ao G1 que tomou a atitude depois que os dois cachorros do vizinho invadiram seu terreno e atacaram o cão dele, também da raça Pit bull. Segundo ele, não é a primeira vez que isso acontece.

“Eu vi eles quase matando meu cachorro e eu tive que separar. Eu joguei as pedras para separar, mas no momento da raiva, acabei extrapolando”, admite José.

A briga entre os cães também foi registrada pelas câmeras de segurança.

Vizinho informou que o cachorro dele ficou ferido durante a briga em Assis (Foto: Arquivo pessoal)

José informou que o cachorro dele ficou ferido e teve que ser levado ao veterinário, onde segue internado até esta terça-feira (29). Para ele, houve negligência do vizinho em ter deixado o portão aberto.

#MAIS LIDAS DA SEMANA