Motorista que fugiu de acidente após morte de motociclista se entrega na região

Homem que dirigia o carro que bateu de frente contra moto pilotada por homem de 44 anos e que foi arrastado por 30 metros vai responder em liberdade homicídio culposo.

Motorista do carro fugiu em prestar socorro e ainda não foi localizado (Foto: João Trentini/ Divulgação)

Motorista do carro que fugiu a pé sem prestar socorro se apresentou à polícia: ele vai responder em liberdade por homicídio culposo (Foto: João Trentini/ Divulgação)

O motorista que dirigia o carro que se envolveu em uma batida frontal contra uma moto, no último domingo (11), em uma estrada vicinal de Tupã (SP), se entregou à polícia nesta segunda-feira (12) depois de ter fugido a pé do local do acidente. Devido ao impacto, o motociclista não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo a Polícia Civil, o motorista do carro, que capotou com a força do impacto, se apresentou na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Tupã acompanhado de um advogado.

A Polícia Civil informou que o homem foi ouvido e liberado, pois não estava mais em flagrante. Ele será investigado por homicídio culposo e fuga do local do acidente.

Ainda de acordo com a polícia, as investigações prosseguem e o crime pelo qual o motorista vai responder pode mudar caso seja comprovado que ele havia consumido bebida alcoólica.

No dia do acidente, Rogério Cardoso dos Santos, de 44 anos, foi arrastado por cerca de 30 metros após a batida contra o carro. Ele chegou a ser socorrido pelos bombeiros e levado à Santa Casa de Tupã, mas não resistiu aos ferimentos.

Motociclista foi arrastado por 30 metros em vicinal de Tupã (Foto: João Trentini/ Divulgação)
Motociclista foi arrastado por 30 metros em vicinal de Tupã (Foto: João Trentini/ Divulgação)

#MAIS LIDAS DA SEMANA