Morador de rua é agredido com pedradas em Presidente Prudente

Caso foi registrado como tentativa de homicídio, na Vila Verinha.
Vítima estava ‘bastante ensaguentada’ e foi levada ao Hospital Regional.

Crime aconteceu na noite desta terça-feira (26) (Foto: Wellington Roberto/G1)
Crime aconteceu na noite desta terça-feira (26) (Foto: Wellington Roberto/G1)

Um morador de rua, que não teve a idade divulgada, foi vítima de uma tentativa de homicídio, por volta das 23h15 desta terça-feira (26), na Vila Verinha, em Presidente Prudente. De acordo com as informações do Boletim de Ocorrência, o homem “teria sido atingido por pedradas”.

Conforme o registro, a Polícia Militar foi acionada para comparecer à Rua Teófilo Nascimento após uma pessoa ter sido agredida.

Vítima estava em uma casa abandonada na Vila Verinha (Foto: Wellington Roberto/G1)
Vítima estava em uma casa abandonada na Vila
Verinha (Foto: Wellington Roberto/G1)

O local onde houve o crime é uma casa abandonada que fica localizada no final da rua. Segundo o registro, os agentes encontraram o morador de rua “bastante ensaguentado e com várias pedras ao seu lado”. Por isso, os policiais alegaram no registro que a vítima havia sido atingida por “várias pedradas”.

Uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros esteve no local e encaminhou o homem ao Hospital Regional (HR). A perícia foi acionada. O caso é investigado.

A reportagem do G1 esteve no local na manhã desta quarta-feira (27) e moradores vizinhos disseram que não escutaram o barulho das agressões. Eles só tomaram conhecimento do caso com a chegada das viaturas policiais. Além disso, os vizinhos também contaram que não conheciam a vítima.

Estado de saúde
Por meio de nota, a Assessoria de Imprensa do Hospital Regional informou ao G1 que
“o paciente em questão deu entrada no fim da noite desta terça-feira (26) e foi imediatamente atendido pela equipe médica e de enfermagem”. Ainda conforme o HR, o homem está nesse momento sob cuidados intensivos do corpo clínico, inconsciente e em estado considerado grave. Não há previsão de alta.

Policiais encontraram a vítima ensanguentada (Foto: Wellington Roberto/G1)
Policiais encontraram a vítima ensanguentada (Foto: Wellington Roberto/G1)

#MAIS LIDAS DA SEMANA