Servidores são flagrados jogando merenda escolar em aterro; prefeitura fala em contaminação por ratos

Vídeo mostra alimentos que estavam guardados na cozinha-piloto sendo jogados no aterro sanitário em Garça (SP).

Servidores da prefeitura durante o descarte dos alimentos no aterro sanitário da cidade: polêmica (Foto: Reprodução/Arquivo pessoal)

Servidores da prefeitura durante o descarte dos alimentos no aterro sanitário da cidade: polêmica (Foto: Reprodução/Arquivo pessoal)

Um vídeo que circula nas redes sociais causou polêmica entre moradores de Garça (SP). Dois servidores municipais foram filmados jogando alimentos no aterro sanitário da cidade.

Os produtos são da cozinha-piloto, que prepara as refeições para os estudantes da rede municipal. No local, foram descartados pacotes de arroz, macarrão, feijão, bolachas, farinha e vários outros que seriam destinados para a merenda escolar.

Em nota, a prefeitura de Garça informou que os alimentos foram descartados porque, apesar de a cozinha-piloto estar com o certificado de desratização dentro do prazo de validade, o prédio foi invadido no último final de semana por ratos. Com isso, segundo a prefeitura, o alimento pode ter sido contaminado por fezes e urina dos roedores.

Ainda segundo a nota, esse estoque de alimentos só não havia sido distribuído às famílias dos alunos porque aguardava uma decisão sobre o retorno das aulas ainda para este ano, o que acabou sendo descartado.

A prefeitura informou ainda que havia entre os alimentos descartados no aterro sanitário alguns produtos que seriam trocados pelos fornecedores, pois estavam com a data de validade vencida. No entanto, diante da possibilidade de contaminação, eles também foram dispensados.

A prefeitura de Garça informa ainda que na reforma iniciada no local consta a construção de um “ambiente maior e mais apropriado para a armazenagem de alimentos, pois o local não é apropriado para esse fim”.

Servidores da prefeitura durante o descarte dos alimentos no aterro sanitário da cidade: polêmica (Foto: Reprodução/Arquivo pessoal)
Servidores da prefeitura durante o descarte dos alimentos no aterro sanitário da cidade: polêmica (Foto: Reprodução/Arquivo pessoal)
Servidores da prefeitura durante o descarte dos alimentos no aterro sanitário da cidade: polêmica (Foto: Reprodução/Arquivo pessoal)

#MAIS LIDAS DA SEMANA