Fique conectado

Entretenimento

Morre, aos 60 anos, o apresentador Gugu Liberato

Um dos mais icônicos apresentadores da televisão brasileira faleceu nesta sexta-feira (22/11/2019), em Orlando, nos Estados Unidos.

Publicado em

1.720

Gugu Liberato, umas das figuras mais icônicas da televisão brasileira, morreu, nesta sexta-feira (22/11/2019), aos 60 anos, após sofrer uma acidente doméstico, ocorrido nesta quarta-feira (20/11/2019). Ele teria caído de uma altura de quatro metros na casa dele, localizada em Orlando, nos Estados Unidos, ao tentar arrumar o ar-condicionado. Ainda não há informações sobre velório e enterro.

Confira a nota na íntegra:

NOTA DE FALECIMENTO

Este é um momento que jamais imaginamos viver. Com profunda tristeza, familiares comunicam o falecimento do pai, irmão, filho, amigo, empresário, jornalista e apresentador Antônio Augusto Moraes Liberato (Gugu Liberato), aos 60 anos, em Orlando, Florida, Estados Unidos.

Nosso Gugu sempre viveu de maneira simples e alegre, cercado por seus familiares e extremamente dedicado aos filhos. E assim foi até o final da vida, ocorrida após um acidente caseiro.

Ele sofreu uma queda acidental de uma altura de cerca de quatro metros quando fazia um reparo no ar condicionado instalado no sótão. Foi prontamente socorrido pela equipe de resgate e admitido no Orlando Health Medical Center, onde permaneceu na Unidade de Terapia Intensiva, acompanhado pela equipe médica local.

Na admissão deu entrada em escala de *Glasgow de 3 e os exames iniciais constataram sangramento intracraniano. Em virtude da gravidade neurológica, não foi indicado qualquer procedimento cirúrgico. Durante o período de observação foi constatada a ausência de atividade cerebral. A morte encefálica foi confirmada pelo Prof. Dr. Guilherme Lepski, neurocirurgião brasileiro chamado pela família, que após ver as imagens dos exames em detalhes, confirmou a irreversibilidade do quadro clínico diante de sua mãe Maria do Céu, dos irmãos Amandio Augusto e Aparecida Liberato, e da mãe de seus filhos, Rose Miriam Di Matteo.

Ainda não temos detalhes sobre o traslado para o Brasil. Informações sobre velório e sepultamento serão passadas assim que tudo estiver definido.
Ele deixa três filhos, João Augusto de 18 anos e as gêmeas Marina e Sophia de 15 anos.
Atendendo a uma vontade dele, a família autorizou a doação de todos os órgãos.
Gugu sempre refletiu sobre os verdadeiros valores da vida e o quão frágil ela se revela. Sua partida nos deixa sem chão, mas reforça nossa certeza de que ele viveu plenamente. Fica a saudade, ficam as lembranças – que são muitas – e a certeza que Deus recebe agora um filho querido, e o céu ganha uma estrela que emana luz e paz.

Familiares e funcionários
São Paulo, 22 de novembro de 2019
* Escala Glasgow de 3 – usada para medir a consciência e a evolução das lesões cerebrais em um paciente.

Gugu Liberato comandava o reality show Canta Comigo, na Record TV. A atual temporada, que termina no dia 4 de dezembro, já foi toda gravada. Ele ainda apresentaria o especial Família Record e o Power Couple.

Gugu Liberato é um dos nomes mais importantes da televisão brasileira. O apresentador é lembrado, principalmente, pelos anos em que passou no Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), comandando programas como o Domingo Legal e o Sabadão Sertanejo.

Trajetória
Antônio Augusto de Moraes Liberato nasceu em 10 de abril de 1959, em São Paulo. O começo da carreira na televisão veio pelas mãos de Silvio Santos, que o convidou para trabalhar na emissora. Em 1981, ele comandou o Sessão Premiada. No ano seguinte, Gugu passou a apresentar o Viva a Noite.

Em 1988, após conseguir reverter uma ida de Gugu para a Globo, Silvio Santos promoveu o apresentador para os domingos, quando comandou quadros do Passa ou Repassa e o Roletrando. Nessa época, nas madrugadas de sábado, ele comandava o Sabadão Sertanejo.

No ano de 1993, o apresentador estreou o programa que o levaria ao estrelato: o Domingo Legal. A atração foi a aposta de Silvio Santos para competir com o Domingão do Faustão. Gugu Liberato criou quadros icônicos, como Táxi do Gugu, Gugu na Minha Casa e a Banheira do Gugu.

Gugu Liberato, em 2009, deixou o SBT e foi para Record, onde estreou o Programa do Gugu. A atração não decolou e o apresentador passou por idas e vindas na emissora de Edir Macedo.

Gugu Liberato era casado com Rose Miriam di Matteo, com quem teve três filhos: João Augusto Liberato, Marina Liberato e Sofia Liberato.

Entretenimento

Cantor sertanejo Juliano Cezar morre após sofrer um infarto em pleno show

Juliano Cezar chegou a socorrido em um posto médico perto do local do evento. Porém, o artista não resistiu.

Publicado em

Do Istoé
Juliano Cezar
Divulgação

Juliano Cezar teve um infarto fulminante, no momento que cantava em uma festa da cidade de Uniflor PR, realizada pelo município hoje de madrugada.

A apresentação do “Cowboy Vagabundo” acontecia em Uniflor, no Paraná. No vídeo gravado durante o show, o cantor aparece caindo atrás do sanfoneiro da banda.

Segundo informações, o cantor de 59 anos, sofreu uma parada cardíaca e morreu.

O cantor foi levado para hospital da cidade e foram feitas várias tentativas de reanimação, porém sem sucesso.

Uma fã registrou o momento em que o cantor passa mal, veja abaixo.

Segundo a página oficial do cantor no Instagram:

A notícia mais triste que poderíamos comunicar.
Com profundo pesar, a Explosion Music informa o falecimento cantor Juliano Cezar.

Juliano Cezar teve uma parada cardiorrespiratória enquanto se apresentava em um show em Uniflor, interior do Paraná.

O velório será realizado na cidade natal do cantor – Passos /MG. Quanto aos horários de velório e sepultamento, serão repassados assim que obtidos.

Maiores informações: Fabiana Villela / Assessoria Juliano Cezar / Explosion Music

Abaixo o post do perfil oficial:

Continue lendo

Entretenimento

Bira, baixista do programa do Jô Soares, morre em hospital em SP

De acordo com familiares, músico faleceu às 7h deste domingo (22). Ele estava internado no Hospital Sancta Maggiore, na Zona Leste da cidade.

Publicado em

Do G1
Músico Bira, do Programa do Jô, se apresenta em Piracicaba — Foto: Divulgação
Músico Bira, do Programa do Jô, se apresenta em Piracicaba — Foto: Divulgação

O músico Bira, baixista do Programa do Jô Soares, morreu na manhã deste domingo (22), aos 85 anos, em São Paulo. A informação foi confirmada por familiares.

Ele estava internado desde a última sexta-feira (20) no Hospital Sancta Maggiore, na Mooca, Zona Leste da cidade, após sofrer um AVC.

Natural de Salvador, Ubirajara Penacho dos Reis ficou conhecido como “Bira do Jô”.

O baiano era um dos integrantes do Sexteto, banda formada por Tomati (guitarra elétrica), Osmar Barutti (piano), Chiquinho Oliveira (trompete), Derico (saxofone) e Miltinho (bateria).

O grupo acompanhou o apresentador Jô Soares nos programas Jô Soares Onze e Meia, no SBT, e Programa do Jô, da TV Globo.

Bira ganhou ganhou popularidade no talkshow por sua risada forte e alta.

Ainda não há informações sobre o velório e sepultamento.

Continue lendo

Entretenimento

Morre a humorista Zilda Cardoso, a Dona Catifunda, aos 83 anos

Segundo perícia, ela morreu de causas naturais.

Publicado em

Morre a humorista Zilda Cardoso, a Dona Catifunda, aos 83 anos

Zilda Cardoso, atriz e humorista que interpretou a Dona Catifunda na’Escolinha do Professor Raimundo’, morreu aos 83 anos, na manhã desta sexta-feira, 20, em seu apartamento no centro de São Paulo. Segundo a perícia, Zilda, de 83 anos, teve morte natural.

Segundo informações preliminares, foi a diarista que encontrou a atriz morta e chamou pelo zelador para ajudá-la.

A família da atriz chamou a polícia para realizar a perícia. De acordo com o UOL, um investigador disse que Zilda teve morte natural, mas não enfrentava nenhum problema de saúde.

Zilda morava sozinha em no apartamento em São Paulo e recebia visita de uma cuidadora. Ela era considerada uma pessoa querida no bairro, principalmente entre os lojistas da região.

A atriz começou na carreira em 1962, quando apresentou o programa Zilda 23 Polegadas na TV Paulista. Logo depois, em 1964, foi convidada a integrar o elenco de A Praça da Alegria, no SBT.

A humorista também participou de Os Trapalhões, A Praça é Nossa e da novela Meu Bem, Meu Mal. De 1991 até 1995, ela interpretou Catifunda na Escolinha do Professor Raimundo.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas