Família consegue arrecadar dinheiro para translado do corpo de Matheus

A informação foi publicada na página da campanha, nesta sexta-feira.
O valor total para o translado do corpo é calculado em R$ 27.645,00.

Amigos usam as redes sociais para conseguir doações para trazer o corpo (Foto: Reprodução/ Internet)

A família do brasileiro Matheus Henrique Marioto, que morreu afogado em Zurique,  na Suíça, terá de arcar com todos os custos para trazer o corpo para o Brasil.  Por este motivo, a família e amigos lançaram no dia 13 de agosto uma campanha nas redes sociais para levantar doações que ajudem a arcar com os custos do translado do corpo.

As 15h30 desta sexta-feira (15), um dos organizadores da iniciativa, divulgou na página da campanha que conseguiram atingir o valor necessário para o translado do corpo do jovem. “Depois de tantos obstáculos conseguimos arrecadar todo o valor necessário! Graças a Deus! Desta forma, não será mais necessário qualquer tipo de doação” conta Rodrigo Cleir.

Além das doações realizadas para a campanha, a família também conta com o apoio da Unesp de Rio Preto, onde Matheus fazia mestrado na área de Ciência da Computação. A universidade já disponibilizou passagens de ida e volta para uma pessoa da família que queira acompanhar o translado do corpo e estuda outras formas de auxiliar.

No entanto, a família não deve viajar para Suíça. “O Itamaraty já disponibilizou um representante que está cuidando de todos os trâmites burocráticos e vai acompanhar o translado do corpo da Suíça até São Paulo. Essa parte de documentação já está toda encaminhada, mas o corpo só vai ser liberado após o pagamento do translado.”

Ainda de acordo com Rodrigo, todas as informações sobre o total arrecadado e os gastos serão divulgados futuramente. “Além das informações sobre o valor arrecadado, vamos informar constantemente todo o processo desde o translado até o enterro, em nome da família e amigos, agradecemos todos que de alguma forma colaboraram com a nossa campanha” finaliza Rodrigo.

Jovem morreu afogado em um lago na Suiça (Foto: Reprodução / Internet)

Sobre o caso
Matheus estava há dois meses na Alemanha para intercâmbio profissional de um ano e, segundo a família, todos os finais de semana ele viajava para algum país da Europa para conhecer a cultura e se divertir. No sábado, dia 2 de agosto, ele foi para Zurique, na Suíça, participar de uma das maiores festas de música eletrônica do continente, a Street Parade.

O jovem estava com um grupo de amigos, que contaram que ele não foi mais visto depois de pular no Lago Zurique. Como Matheus não apareceu no local onde o grupo combinou para pegar o ônibus de volta de para Alemanha, dois amigos dele decidiram ficar em Zurique e procurar a polícia. O jovem foi considerado desaparecido e as buscas começaram no dia seguinte.

A polícia da Suíça considerou o caso de afogamento e quase uma semana depois, no dia 8 agosto, um corpo com as características do jovem foi encontrado no Rio Limmat. A confirmação da identidade foi informada na segunda-feira (11) por meio de um exame de DNA feito com objetos retirados do apartamento de Matheus na Alemanha.

Festa ocorre às margens do Lago Zurique que desemboca no Rio Limmat (Foto: Divulgação/ Streetparade.com)

#MAIS LIDAS DA SEMANA