Proprietários da Cervejaria Malta são presos pela Polícia Federal

A prisão dos empresários de Assis foi decretada por crimes de sonegação e formação tributária de formação quadrilha.

Os empresários Caetano Schincariol Filho e Fernando Machado Schincariol, foram presos na manhã desta quarta-feira (23) pela Polícia Federal. Caetano e Fernando são sócios-proprietários da cervejaria Malta, sediada em Assis (SP).

A prisão dos empresários que foi exarada pelo juiz Federal Dr. Luciano Tertuliano da Silva, trata-se de execução provisória de sentenças pelos crimes de sonegação tributária e formação de quadrilha.

Em 1999 eles já haviam sidos condenados pela Justiça Federal, através de uma denúncia do MPF de Marília (SP), com pena de três anos e seis meses de prisão por crime de sonegação fiscal. Porém, como a pena foi inferior a quatro anos, a sentença de prisão de Fernando foi convertida na prestação de duas penas alternativas: prestação de serviços à comunidade e o fornecimento mensal de remédios e cestas básicas no valor de R$ 5.000, já Caetano Schincariol, foi absolvido naquela ocasião.

Com uma recente alteração jurisprudencial na Suprema Corte, mesmo os réus já tendo recorrido ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ao Supremo Tribunal Federal (STF), a prisão dos dois foi imediata.

#MAIS LIDAS DA SEMANA