Jovem morre após ser baleado; Polícia alega que disparo foi acidental

Jovem de 22 anos foi atingido durante abordagem na saí­da da FAPI. O disparo atingiu o pescoço do jovem que não resistiu e acabou falecendo.

Um jovem santacruzense de apenas 22 anos morreu depois de ser atingido por um tiro na noite desta quarta-feira (8) após sair do show da Feira Agropecuária e Industrial (FAPI) em Ourinhos (SP).

De acordo com a polí­cia, Brian Cristian Bueno, que era morador do Parque das Nações, em Santa Cruz do Rio Pardo (SP), estava em um veí­culo com outros quatro jovens que faziam “zigue-zague” derrubando alguns cones na Avenida Ferreira Jacinto Sá próximo ao recinto da FAPI, quando foram abordados pela polí­cia.

Jovens seguiam em avenida próxima ao recinto da Fapi, em Ourinhos (Foto: TV TEM/Reprodução)
Jovens seguiam em avenida próxima ao recinto da Fapi, em Ourinhos (Foto: TV TEM/Reprodução)

“Durante a abordagem, um policial abriu a porta do veí­culo e um segundo policial chegou com a arma em punho, neste momento a ví­tima levantou subitamente as mãos e com o susto o policial disparou acidentalmente” explicou o Capitão Wagner Duarte.

O disparo atingiu o pescoço do jovem que foi levado com vida para a Santa Casa de Misericórdia de Ourinhos, porém não resistiu e acabou falecendo.

Em depoimento o policial que fez o disparo informou que não teve a intensão de atirar no jovem. Ele foi preso em flagrante por homicí­dio culposo, quando não existe intenção de matar, e será encaminhado para o presidio militar Romão Gomes (SP), onde permanecerá a disposição do Poder Judiciário.

#MAIS LIDAS DA SEMANA