Fique conectado

Polícia

Jovem morre após ser baleado; Polícia alega que disparo foi acidental

Jovem de 22 anos foi atingido durante abordagem na saída da FAPI. O disparo atingiu o pescoço do jovem que não resistiu e acabou falecendo.

Publicado em

53

Jovem morre após ser baleado; Polícia alega que disparo foi acidental (Foto: Reprodução/Facebook

Jovem morre após ser baleado; Polícia alega que disparo foi acidental (Foto: Reprodução/Facebook)

Um jovem santacruzense de apenas 22 anos morreu depois de ser atingido por um tiro na noite desta quarta-feira (8) após sair do show da Feira Agropecuária e Industrial (FAPI) em Ourinhos (SP).

De acordo com a polícia, Brian Cristian Bueno, que era morador do Parque das Nações, em Santa Cruz do Rio Pardo (SP), estava em um veículo com outros quatro jovens que faziam “zigue-zague” derrubando alguns cones na Avenida Ferreira Jacinto Sá próximo ao recinto da FAPI, quando foram abordados pela polícia.

“Durante a abordagem, um policial abriu a porta do veículo e um segundo policial chegou com a arma em punho, neste momento a vítima levantou subitamente as mãos e com o susto o policial disparou acidentalmente” explicou o Capitão Wagner Duarte.

O disparo atingiu o pescoço do jovem que foi levado com vida para a Santa Casa de Misericórdia de Ourinhos, porém não resistiu e acabou falecendo.

Em depoimento o policial que fez o disparo informou que não teve a intensão de atirar no jovem. Ele foi preso em flagrante por homicídio culposo, quando não existe intenção de matar, e será encaminhado para o presidio militar Romão Gomes (SP), onde permanecerá a disposição do Poder Judiciário.

Publicidade

Polícia

Jovem de 19 anos é encontrado morto em sua casa em Assis

O corpo de João Victor de Souza Carvalho foi sepultado no último sábado (22)

Publicado em

Do AssisNews

Foi encontrado morto em sua residência na última sexta-feira (21), o jovem João Victor de Souza Carvalho, de apenas 19 anos.

João Victor foi encontrado por familiares já sem vida na sua casa no final da Avenida Vereador David Passarinho.

O corpo foi velado no velório municipal e sepultado no Cemitério Municipal de Assis no último sábado (22).

Continue lendo

Polícia

Adolescente de 16 anos, de Assis, continua desaparecida

Bianca Archila saiu de casa por volta das 18h30 da última sexta-feira (21) e não foi vista desde então.

Publicado em

Do AssisNews
(Foto: Reprodução/Facebook)

Continua desaparecida a adolescente Bianca Archila, de 16 anos. Ela desapareceu no início da noite da última sexta-feira (21). Segundo a família, a jovem moradora de Assis (SP), saiu de casa por volta das 18h30 e não foi vista desde então. Ela, que estuda à noite, também não teria aparecido na escola no dia.

A auxiliar de enfermagem Marcela Archila, mãe de Bianca, está desesperada e pede ajuda a população para encontra-lá.

De acordo com Marcela, há dias Bianca faltava da escola, mas mentia pra ela. “A diretora da escola que minha filha estuda me mandou uma mensagem dizendo que há dias Bianca não ia para a escola, na mesma hora eu liguei para ela e ela disse que estava na escola. Como não acreditei fui até lá e não encontrei a minha filha”, conta.

A adolescente saiu de casa com apenas R$ 80,00.

Quem tiver informações sobre o paradeiro da jovem pode ligar para a polícia através do 190 ou para Marcela pelo telefone (18) 99669-2710.

Continue lendo

Polícia

Homem nu tenta atrair crianças em frente a uma escola e acaba preso em Presidente Prudente

Indivíduo oferecia R$ 100 aos menores para que ficassem com ele. Uma cuidadora social foi alertada sobre a prática e acionou a corporação.

Publicado em

Do G1
Toalha, dinheiro e drogas foram apreendidas — Foto: João Aberto Pedrini/G1

Um homem, de 30 anos, foi detido na manhã desta sexta-feira (21), inicialmente, por tentativa de estupro, conforme informações da Polícia Militar ao G1. O indivíduo estava em frente a uma escola municipal, no Jardim Regina, em Presidente Prudente, e oferecia dinheiro a crianças para que “saíssem” com ele. A situação foi denunciada e a corporação obteve êxito em localizá-lo.

De acordo com a PM, o indivíduo ficava na via pública em frente à unidade de ensino em um VW Santana. De dentro do veículo ele abordava crianças e tentava atraí-las com a oferta de R$ 100 para que ficassem com ele até o horário do final da aula. Uma mulher também foi assediada.

Quatro menores – sendo dois meninos, de 9 e 11 anos, e duas meninas, com as mesmas idades – relataram a situação a uma cuidadora social de um projeto e a Polícia Militar foi acionada.

Apreensão

Quando a Polícia Militar chegou ao local, o indivíduo estava nu no interior do automóvel. Havia uma toalha dentro do carro, que foi utilizada pelos policiais para cobrir o indivíduo, e R$ 800 em notas de R$ 100.

Buscas também foram realizadas na casa do indivíduo, que alegou ser garçom, e no interior do imóvel os policiais localizaram porções de maconha e cocaína, além de um prato, faca e isqueiro. Os materiais foram apreendidos.

A ocorrência está em andamento na Delegacia Participativa da Polícia Civil, onde testemunhas e vítimas prestarão depoimento.

Mesma característica

A PM informou ao G1 que há alguns dias já recebe denúncias de que um indivíduo, com as mesmas características, realizava a mesma prática em outra escola, esta no Jardim Santana. Contudo, não havia localizado o suspeito.

A polícia deve apurar o caso.

Indivíduo ficava dentro de um VW Santana — Foto: João Alberto Pedrini/G1

Prevenção

A Prefeitura de Presidente Prudente manifestou-se oficialmente sobre o assunto através da seguinte nota encaminhada ao G1:

“O rapaz estava a cerca de 2 quarteirões da escola. Quatro alunos foram abordados pelo homem, mas não atenderam ao chamado e comunicaram a direção da escola, que imediatamente acionou a polícia. Nesta unidade escolar, os alunos participam de projetos de prevenção ao abuso e violência sexual contra crianças e adolescentes, e por conta dessa orientação, eles perceberam a atitude inadequada e procuraram ajuda”.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas