A era Messi na Liga dos Campeões chegou ao fim! Primeira temporada sem o astro rosarino em 19 anos

A transferência de Lionel Messi para a Inter de Miami marca o fim de uma era de 19 temporadas consecutivas na Liga dos Campeões da UEFA. O Rosarino fez sua estreia na competição de 2004-2005 contra o Shakhtar Donetsk, na Ucrânia, na última rodada da fase de grupos.

Os blaugranas já estavam classificados, então o técnico Frank Rijkaard decidiu colocá-lo por 90 minutos na partida. Infelizmente para eles, foram eliminados nas oitavas de final contra o Chelsea depois de vencer por 2 a 1 no Camp Nou e perder por 4 a 2 em Stamford Bridge.

No ano seguinte, Messi teve a oportunidade de permanecer na equipe principal. No entanto, continuou a desempenhar um papel secundário. Tanto que não foi incluído no elenco da final que o Barça disputou no Stade de France contra o Arsenal, que terminou em 2 a 1 com gols de Samuel Eto’o e Juliano Belletti.

Esse ano foi contado como campeão na competição, porque foi registrado na equipe e jogou alguns minutos. Aos 18 anos, ele marcou um gol nas oitavas de final contra o Chelsea na revanche do ano anterior.

Anos mais tarde, sua verdadeira consagração viria, com duas finais em 2009 e 2011 contra o Manchester United, que terminou em uma vitória do Culé. Messi não apenas jogou, mas também desempenhou um papel importante na conquista desses títulos.

No primeiro deles, disputado no Estádio Olimpico, em Roma, marcou um gol de cabeça para a surpresa de todos, saltando sobre seu marcador Rio Ferdinand e deixou o goleiro Edwin Van der Saar sem reação.

Então, no jogo no Estádio de Wembley, recebeu um passe curto de Andrés Iniesta e se deslocou para perto da borda da área. Lá, ele atirou com seu pé esquerdo e deu um chute rasteiro na trave esquerda do goleiro holandês, que se esticou, mas não conseguiu defender o chute forte.

Isso fez com que o placar ficasse em 2 a 1 momentaneamente para terminar com o resultado de 3-1 e ganhar seu terceiro Orejona e o quarto do Blaugrana.

Em 2015, foi a última vez que eles venceram. Enfrentaram o Juventus no Estádio Olímpico de Berlim e venceram por 1-3 com gols de Rakitic, Luis Suarez e Neymar.

De títulos e grandes performances a momentos negativos.

Depois vieram tempos complicados para a equipe de Barcelona. No ano seguinte, eles foram eliminados nas quartas de final contra o Atlético de Madri, 2 a 3 no placar agregado. Em 2016-17, enfrentaram o Juventus nas quartas de final e perderam por 3 a 0.

Posteriormente, perderam para a Roma, graças a um gol fora de casa, por 4 a 4. A equipe venceu o jogo de ida por 4 a 1, mas perdeu o jogo de volta por 3 a 0.

Em seguida, ocorreu uma das reviravoltas mais memoráveis dos últimos anos: a do Liverpool. Depois de vencer por 3 a 0 no Camp Nou com uma grande atuação de La Pulga, a equipe de Jürgen Klopp venceu o Liverpool na segunda metade da temporada por 4 a 0 em Anfield Road, para se classificar para a final e vencer aquela edição da competição contra o Tottenham.

Na temporada seguinte, sofreram a maior humilhação da história da competição nos últimos anos. A goleada de 8 a 2 sofrida pelo Bayern de Munique nas quartas de final.

Em seguida, perderam para o PSG nas oitavas de final com um placar agregado de 2 a 5, depois de serem derrotados por 1 a 4 no Camp Nou. Naquele ano, ele decidiu se transferir para o clube parisiense e foi eliminado nas oitavas de final por dois anos seguidos. Os responsáveis por arruinar a festa foram o Real Madrid e o Bayern de Munique, respectivamente. Esse foi o fim da jornada de Messi na Liga dos Campeões, depois de se transferir para a MLS com o Inter Miami.

Esse foi o fim da jornada de Messi na Liga dos Campeões, depois de se transferir para a MLS com o Inter Miami.

Estatísticas de Lionel Messi na Liga dos Campeões

Messi jogou 163 partidas em competições internacionais com o PSG e o Barcelona. Marcou 129 gols e deu 45 assistências. Ele marcou 129 gols e distribuiu 45 assistências. É o jogador com mais gols na fase de grupos com 80, nas oitavas de final com 29, o que mais marcou por um único clube com 120 e o que conseguiu marcar mais temporadas consecutivas com 18.

Ele também é o segundo maior artilheiro de toda a competição, atrás apenas de Cristiano Ronaldo, que tem 140, e o segundo em assistências, com 37.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 22 de Junho 2024

KTO Sport

KTO Sport

Bônus

R$ 200

EsportesdaSorte Sports

EsportesdaSorte Sports

Bônus

R$ 300

Parimatch Sport

Parimatch Sport

Bônus

R$ 500

Starda Sport

Starda Sport

Bônus

R$ 500

Legendplay Sports

Legendplay Sports

Bônus

R$ 1.750

Roobet Sports

Roobet Sports

Bônus

R$ 80

Royalistplay Sports

Royalistplay Sports

Bônus

R$ 500

LeoVegas Sport

LeoVegas Sport

Bônus

-

IZZI Sport

IZZI Sport

Bônus

R$ 100

Bet7k Sports

Bet7k Sports

Bônus

R$ 7.000
Deixe um comentário

Você está aqui : Início > competições europeias > Liga dos Campeões > A era Messi na Liga dos Campeões chegou ao fim! Primeira temporada sem o astro rosarino em 19 anos