Acusado de matar ex-namorada grávida tem prisão temporária decretada

Alexandre continua internado na Santa Casa de Assis.
A justiça decretou a prisão temporária por 30 dias.

Alexandre tem a prisão temporária decretada pela Justiça (Foto: Reprodução/Facebook)

A Justiça decretou esta semana, a prisão preventiva de Alexandre Oliveira, de 26 anos, acusado de assassinar a ex-namorada Pâmela Tamires Dias Meira, de 16 anos, que estava grávida de oito meses.

Pâmela que estava desaparecida foi encontrada morta no final da tarde de domingo, 18, ao lado do carro da mãe do ex-namorado em um canavial, próximo a Água do Baixadão, Zona Rural de Assis.

O acusado estava foragido e foi encontrado na segunda-feira, 19, na casa do tio por parentes da vítima, ferido no pescoço e bem debilitado, já que havia perdido bastante sangue.

Internado na Santa Casa de Misericórdia de Assis, Alexandre nega que teria cometido o crime e diz que na noite do homicídio ele teria sido assaltado e agredido e por isso estaria machucado.

Saiba Mais
Grávida morta em Assis avisou tia sobre ameaças do ex-namorado
Adolescente grávida é encontrada morta em canavial em Assis

Para o delegado titular da DIG, Ricardo Nascimento e Silva, não há dúvida que Alexandre seja o autor do crime, já que de acordo com familiares da vítima, ele não aceitava o fim do relacionamento.

O acusado deve prestar depoimento após se recuperar e ficará recluso por 30 dias, para que as investigações sejam concluídas.

#MAIS LIDAS DA SEMANA