Quando o relacionamento começou a se deteriorar? Lionel Messi falou sobre as broncas que recebeu no PSG

O jogador de futebol argentino enfatizou que a mudança foi abrupta e influenciou seu tempo no PSG.

Lionel Messi não estará mais no Paris Saint-Germain, embora seu contrato termine em 30 de junho. O futuro jogador do Inter Miami deu uma entrevista na qual contou sua experiência no clube parisiense e as broncas que recebeu do clube.

“Desde o início, a recepção foi muito boa, disse isso várias vezes. Depois, alguns dos torcedores do Paris começaram a me tratar de forma diferente, mas a grande maioria ainda me vê e me trata como no início”

descreveu na prévia de sua entrevista publicada pela beIN Sports.

Ele reconheceu que companheiros de equipe como Neymar e Kylian Mbappé tiveram que passar por situações semelhantes, por isso não tomou isso como um ataque pessoal.

O ponta-esquerda chegou a Paris para a temporada 2021-22 como uma contratação de destaque, ao lado de Sergio Ramos, Gianluigi Donnarumma e Achraf Hakimi. Em sua apresentação, a multidão foi efusiva com a presença de tais estrelas, especialmente Messi, considerado por muitos como o melhor do mundo.

Em vários momentos, ele teve de suportar as vaias da torcida, que o culpava pelos maus resultados do clube na Liga dos Campeões. O PSG foi eliminado nas oitavas de final, pelo segundo ano consecutivo.

Apesar disso, Messi acrescentou que não tem ressentimentos em relação a essas pessoas.

“Eu considero todas as pessoas que me respeitam, pois sempre respeitei todo mundo desde que cheguei”,

enfatizou o argentino à mídia francesa.

Nessa temporada, foi um dos melhores da equipe, com bons números. Terminou com 21 gols e 20 assistências.

Dessa forma, encerrou um ciclo do qual se esperava mais, mas que lhe rendeu outros três títulos para sua sala de troféus. Com isso, chegou a 43 no total, igualando-se a Dani Alves no primeiro lugar entre os jogadores com mais troféus.

Por que Lionel Messi decidiu jogar no PSG?

Na entrevista, o capitão da seleção argentina falou sobre por que decidiu jogar no PSG. Ele explicou que foi principalmente por causa das pessoas que conhecia, incluindo velhos amigos como Neymar, Angel Di Maria e Leandro Paredes.

“Vim para Paris porque gostava do clube, tinha amigos, muitas pessoas que eu conhecia, companheiros de equipe da seleção nacional. Me pareceu que, além do que o clube era, eu teria uma adaptação mais fácil do que em qualquer outro lugar”.

detalhou o número “30” do time parisiense.

Apesar dessa motivação, Messi reconheceu que teve dificuldades em seu processo de adaptação. Além disso, chegou no final do torneio, o que não lhe permitiu fazer o treinamento de pré-temporada.

Por outro lado, estar em uma nova cidade foi difícil para ele e sua família. Por isso, não pôde se concentrar 100% em seu desempenho no futebol.

O jogador do Barcelona deu prioridade à sua família quando decidiu optar pelo Inter Miami. Um futebol mais calmo, onde ele pode dar aos filhos e à esposa um descanso da pressão de jogar no mais alto nível.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 25 de Junho 2024

KTO Sport

KTO Sport

Bônus

R$ 200

EsportesdaSorte Sports

EsportesdaSorte Sports

Bônus

R$ 300

Parimatch Sport

Parimatch Sport

Bônus

R$ 500

Starda Sport

Starda Sport

Bônus

R$ 500

Legendplay Sports

Legendplay Sports

Bônus

R$ 1.750

Roobet Sports

Roobet Sports

Bônus

R$ 80

Royalistplay Sports

Royalistplay Sports

Bônus

R$ 500

LeoVegas Sport

LeoVegas Sport

Bônus

-

IZZI Sport

IZZI Sport

Bônus

R$ 100

Bet7k Sports

Bet7k Sports

Bônus

R$ 7.000
Deixe um comentário

Você está aqui : Início > Argentina > Seleção Argentina > Quando o relacionamento começou a se deteriorar? Lionel Messi falou sobre as broncas que recebeu no PSG