Secretária da Educação nega omissão e diz “houve falha de comunicação”

Maria Amélia, admite que houve um erro, porém, não houve intenção de atrapalhar os trabalhos da comissão. Vereador pediu exoneração da Secretária.

Maria Amélia, admite que houve um erro, porém, não houve intenção de atrapalhar os trabalhos da comissão.

Um assunto que vem se destacando como polêmico em Assis é a situação da Secretária Municipal da Educação, Maria Amélia, onde, na Sessão da Câmara do dia 12/08, o Vereador Timba (presidente da Comissão de Assuntos Relevantes), na tribuna, pediu a exoneração da mesma.

De acordo com o vereador, vários ofícios foram enviados para a Secretária, e ela não teria respondido aos pedidos, deixando de enviar importantes documentos, referente aos anos de 2009 e 2012, para a conclusão do trabalho da Comissão.

Em entrevista para o jornalismo da rádio Antena Jovem, Maria Amélia reconhece que houve um erro, mas disse que em momento algum teve a intenção de atrapalhar o trabalho da comissão.

Segundo a Secretária, não havia todos os documentos solicitados pelo presidente da Comissão na secretaria e por esse motivo, ela enviou um ofício à Secretaria da Fazendo no dia 22 de julho, para receber uma ajuda e localizar esses documentos.

Saiba Mais
Presidente da Comissão de Assuntos Relevantes pede exoneração da Secretária Municipal da Educação
Conselho não aprova as contas do FUNDEB do 2º trimestre de 2013

Maria Amélia diz que devido aos intensos trabalhos que estão sendo realizados pela secretaria, ela acabou esquecendo de cobrar a Secretaria da Fazenda para receber os documentos solicitados em tempo hábil e os mesmos só foram recebidos por ela após o estipulado pela Comissão.

“O meu grande erro enquanto Secretária, foi não ter pelo menos dado uma satisfação a essa Comissão, aí eu peço a “remissão dos meus pecados”, pois eu deveria ter comunicado isso, que eu não tinha encontrado os documentos, que ainda não tinha organizado como deveria ser entregue” disse a secretária.

Maria Amélia disse ainda que houve uma falha na comunicação, porém, só agora que teve em mãos os documentos solicitados pela comissão e esta a disposição caso ainda seja necessários os mesmos.

“A secretaria não teve e não tem interesse nenhum de omitir informações a respeito de qualquer assunto que diz respeito à educação de Assis, houve um lapso, mas nós nunca deixamos de responder os requerimentos da câmara, e estamos sim a disposição dos vereadores que temos o maior respeito por eles, para que não fique nenhum mal entendido sobre isso” finaliza a secretária.

#MAIS LIDAS DA SEMANA